Jornal do Commercio
Tênis

Sharapova perde em Madri para tenista que a chamou de 'trapaceira'

Declaração da canadense Eugenie Bouchard ocorreu após a volta às quadras de Sharapova. Partida entre as duas tenistas durou quase três horas

Publicado em 08/05/2017, às 22h40

Atual número 60 do mundo, Bouchard derrotou Maria Sharapova por 2 sets a 1 (7/5, 2/6 e 6/4) / Divulgação/Madrid Open
Atual número 60 do mundo, Bouchard derrotou Maria Sharapova por 2 sets a 1 (7/5, 2/6 e 6/4)
Divulgação/Madrid Open
JC Online

Maria Sharapova foi eliminada do Torneio de Madri nesta segunda-feira. Pela segunda rodada da competição no saibro espanhol, a número 258 do mundo caiu diante da canadense Eugenie Bouchard, que se tornou desafeto da russa nos últimos meses, por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 2/6 e 6/4.

A rivalidade entre elas ganhou corpo no mês passado, quando Bouchard chamou Sharapova de "trapaceira" pelo caso de doping que lhe rendeu uma suspensão de 15 meses e cobrou que a russa fosse banida do esporte. "Ela é uma trapaceira e eu não acho que trapaceiros, em qualquer esporte, deveriam ter permissão para competir novamente", chegou a dizer a canadense.

Por isso, a expectativa para o primeiro reencontro entre elas, nesta segunda-feira, cresceu, mas com a bola em jogo, o que se viu foi a superioridade de Bouchard. Em quase três horas de partida, a número 60 do mundo levou a melhor sobre Sharapova pela primeira vez na carreira, após quatro derrotas.

As duas tenistas se mostraram em dia pouco inspirado no serviço, mas Sharapova foi ainda pior. A russa cometeu nove duplas faltas e cedeu 21 break points, dos quais Bouchard aproveitou cinco. Foi o suficiente para que a canadense obtivesse a vantagem necessária para fechar.



Após chegar às semifinais em Stuttgart em sua primeira competição neste retorno após a suspensão pelo uso de Meldonium, Sharapova decepcionou em Madri. Melhor para Bouchard, que levou a melhor diante da rival e se classificou às oitavas de final, na qual terá pela frente a difícil tarefa de encarar a cabeça de chave número 1 do torneio, a alemã Angelique Kerber.

Outros resultados no Premier de Madri

Quem também se classificou às oitavas nesta segunda foi a russa Svetlana Kuznetsova. Cabeça de chave número 8, ela suou, mas derrotou a norte-americana Alison Riske, número 39 do mundo, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 2/6, 7/6 (11/9) e 6/2. Agora, Kuznetsova espera para conhecer sua adversária, que sairá do confronto entre as chinesas Qiang Wang e Saisai Zheng.

Outra cabeça de chave que fez valer esta condição foi Kristina Mladenovic. A francesa, 14.ª favorita, avançou nesta segunda ao passar pela norte-americana Lauren Davis em três sets, com parciais de 6/3, 1/6 e 7/6 (7/1). Já a checa Barbora Strycova, 15.ª favorita, foi surpreendida e caiu para a espanhola Lara Arruabarena, de virada: 3/6, 6/3 e 6/3.


Recomendados para você


Comentários

Por Nadia,10/05/2017

Lamentável e infeliz esse comentário dessa jovem tenista. Julgamento duro e desnecessário. Eu a via com grande simpatia, mas agora... Deixemos que a vida se encarregue de dar-lhe a devida resposta.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM