Jornal do Commercio
tênis

Murray cai nas oitavas de final em Madri

Murray é o atual líder do ranking mundial, mas em Madri perdeu para um tenista 'lucky loser', que se classificou após algum rival abandonar a disputa

Publicado em 11/05/2017, às 13h42

Murray é o primeiro do ranking, mas não encara boa fase  / AFP
Murray é o primeiro do ranking, mas não encara boa fase
AFP
JC Online

Atual número 1 do mundo, Andy Murray se despediu de forma precoce do Masters 1000 de Madri, nesta quinta-feira. O escocês foi surpreendido pelo croata Borna Coric por duplo 6/3. Longe de suas melhores apresentações, o favorito foi batido pelo rival que veio do qualifying em 1h25min no saibro do torneio espanhol.

Dono de dois títulos na capital espanhola, Murray caiu logo em sua segunda partida, na fase de oitavas de final. Foi a segunda vitória de Coric, de apenas 20 anos, sobre o rival britânico. Agora estão empatados no retrospecto no circuito profissional.



MÁ FASE

O revés levanta dúvidas sobre a fase do número 1 do mundo no saibro. Em seu primeiro torneio sobre o piso, no Masters de Montecarlo, ele venceu apenas um jogo. Na sequência, se saiu melhor em Barcelona, competição de nível menos exigente, mas não passou da semifinal.

Desta vez, em Madri, Murray caiu diante de um "lucky loser", aquele tenista do qualifying que perde na última rodada, mas consegue a vaga na chave principal após algum abandono. Coric é o atual 59º do ranking e, nas quartas de final, enfrentará o vencedor do duelo entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o austríaco Dominic Thiem.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM