Jornal do Commercio
tênis

Federer desiste de Roland Garros e só jogará na grama

Federer justificou que sua decisão aconteceu por conta da continuidade de sua carreira. Ele quer pular a temporada de saibro para ter mais tempo no circuito internacional

Publicado em 15/05/2017, às 16h13

Federer tem 35 anos e quer priorizar mais alguns anos de carreira / AFP
Federer tem 35 anos e quer priorizar mais alguns anos de carreira
AFP
JC Online

Sem jogar desde 2 de abril, dia em que derrotou Rafael Nadal na final do Masters 1000 de Miami, Roger Federer anunciou nesta segunda-feira que ficará fora desta edição de Roland Garros, que começa no próximo dia 28, em Paris. Inicialmente, o retorno do suíço às quadras estava previsto para acontecer no Grand Slam francês, mas o tenista de 35 anos de idade optou por priorizar a temporada de grama e de quadras duras em sua volta do circuito profissional.

O recordista de títulos de Grand Slam reconheceu que as grandes exigências físicas das partidas em piso de saibro não seriam benéficas para a continuidade de sua temporada, na qual está sendo bastante seletivo para definir as suas prioridades sem atrapalhar a almejada longevidade de sua carreira.



COMUNICADO

"Queridos fãs, infelizmente, decidi não participar de Roland Garros. Trabalhei muito duro, dentro e fora de quadra, durante o mês passado, mas para tentar jogar no circuito mundial da ATP por muitos anos, sinto que é melhor pular a temporada de saibro neste ano e me preparar para as temporadas de quadras de grama e dura", admitiu Federer, por meio de comunicado divulgado em seu site oficial.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM