Jornal do Commercio
Vôlei

Brasil luta, mas perde da Alemanha no Torneio de Montreux

Seleção volta à quadra na sexta-feira contra a Tailândia

Publicado em 07/06/2017, às 20h28

Brasileiras estrearam com vitória mas acabaram perdendo nesta quarta-feira / CBV
Brasileiras estrearam com vitória mas acabaram perdendo nesta quarta-feira
CBV
Agência Estado

Depois da vitória na estreia, a seleção brasileira feminina de vôlei perdeu para a Alemanha por 3 sets a 2, com parciais de 17/25, 25/20, 22/25, 25/23, 13/15, pelo Torneio de Montreux, na Suíça. Foi a estreia da equipe alemã na competição, nesta quarta-feira.

Apesar da primeira derrota em Montreux, a equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães segue na liderança do Grupo B, com quatro pontos. A Polônia ocupa o segundo posto, com três. A Alemanha, com apenas um jogo disputado, soma dois. E a Tailândia é a lanterna, ainda sem pontuar.

Como aconteceu na estreia, na terça, o maior destaque brasileiro foi Tandara. Ela foi a maior pontuadora da equipe, com 19 pontos Na partida, só ficou atrás da alemã Louisa Lippmann, com 21. Do lado do Brasil, Natália também se destacou, com 14 pontos.



Mesclando jogadoras experientes e outras mais novas, a seleção brasileira esteve atrás no placar durante todo o jogo desta quarta. O melhor desempenho aconteceu no segundo set, quando aproveitou uma queda de rendimento das alemãs para crescer na partida. 

No terceiro set, o Brasil teve boas oportunidades para ao menos pressionar as alemãs, tentando uma virada no placar, mas falhou nos pontos decisivos. Após buscar o empate, na parcial seguinte, as brasileiras iniciaram mal o tie-break e viram a Alemanha abrir rápida vantagem. Elas chegaram a fazer 12/7 no placar antes de sacramentar a vitória.

Próximo jogo

O time brasileiro volta à quadra na sexta-feira, às 13h45, para enfrentar a Tailândia. A depender dos outros resultados da chave, o Brasil poderá garantir a vaga nas semifinais se vencer as tailandesas em sua última partida na fase de grupos.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM