Jornal do Commercio
automobilismo

Raikkonen garante que vai se sacrificar para Vettel lutar pelo título

O último mundial de pilotos conquistado pela Ferrari foi em 2007, com Raikkonen. O finlandês está disposto a ajudar Sebastian Vettel na temporada

Publicado em 22/06/2017, às 12h24

Vettel é o atual líder do campeonato / AFP
Vettel é o atual líder do campeonato
AFP
JC Online

Kimi Raikkonen está preparado para se sacrificar para ajudar Sebastian Vettel, o seu companheiro de equipe na Ferrari, a conquistar o seu quinto título na Fórmula 1. O alemão lidera o campeonato com 12 pontos de vantagem para Lewis Hamilton, da Mercedes, após sete corridas. Raikkonen é o quarto colocado, 68 pontos atrás de Vettel.

"Quando eu não tiver chances matemáticas para lutar pelo campeonato, claro que vou ajudá-lo. Não tenho problemas com isso", disse Raikkonen, nesta quinta-feira, na véspera do início das atividades do fim de semana do GP do Azerbaijão. "Isso é sobre o time e a primeira coisa é tentar garantir que estamos no topo com a Ferrari".

FERRARI

A Ferrari tenta levar o seu primeiro Mundial de Pilotos desde que Raikkonen ganhou seu único título em 2007 e a primeira conquista de construtores desde 2008 - na batalha entre as equipes, está oito pontos atrás da Mercedes. "Nós temos um bom carro em todos os aspectos. Espero que voltemos a estar na frente. Todas as corridas este ano estão sendo apertadas", afirmou Raikkonen.



Nesta temporada, Raikkonen teve esperanças de conquistar a vitória no GP de Mônaco, quando faturou a pole position, mas viu as suas chances de ganhar serem arruinadas por um pit stop antes do desejado, o que abriu caminho para Vettel superá-lo em uma dobradinha da Ferrari.

Naquele oportunidade, Raikkonen exibiu frustração com a estratégia adotada. Agora, porém, ele garantiu que estará completamente empenhado em ajudar Vettel quando a oportunidade surgir. "Eu acho que temos regras muito claras na equipe e o que a equipe quer que nós façamos. Vamos seguir as regras. Nada mudou e nós sabemos exatamente como as coisas vão seguir. Isso é bom", afirmou.

Raikkonen reconheceu que a consistência de Vettel faz dele a escolha óbvia para ser o piloto número 1 da equipe. "Seb fez grandes corridas até agora e tem sido forte em tudo. Eu não comecei muito bem as primeiras corridas. Eu não estava onde queria estar".


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM