Jornal do Commercio
tênis

Federer avança fácil após desistência de rival em Wimbledon

Federer contou com desistência de rival para avançar em Wimbledon com facilidade. Mesma situação viveu o sérvio Novak Djokovic

Publicado em 04/07/2017, às 14h36

Federer busca seu oitavo título em Wimbledon / AFP
Federer busca seu oitavo título em Wimbledon
AFP
JC Online

Roger Federer estreou em Wimbledon de maneira maneira bem fácil. O tenista suíço contou com o abandono do ucraniano Alexandr Dolgopolov, por causa de lesão, quando ganhava a segunda parcial por 3/0, e assim assegurou classificação à próxima fase da competição com extrema tranquilidade nesta terça-feira.

Sete vezes campeão de Wimbledon, Federer havia batido o adversário por 6/3 no primeiro set e já encaminhava um triunfo sem maiores problemas antes da desistência de Dolgopolov, atual 84º colocado do ranking mundial. O fato fez a partida ser encerrada após apenas 43 minutos de confronto.



DESCANSO

Assim, o terceiro cabeça de chave do Grand Slam inglês chegará descansado para a disputa da segunda rodada, na qual medirá forças contra o vencedor do duelo entre o sérvio Dusan Lajovic e o grego Stefanos Tsitsipas, também previsto para ser encerrado na programação desta terça.

 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM