Jornal do Commercio
VÔLEI DE PRAIA

Brasil tem 4 duplas femininas de vôlei de praia nas oitavas em Gstaad

Competição está sendo disputada na Suíça

Publicado em 06/07/2017, às 15h44

Larissa e Talita passaram de fase na Suíça / Divulgação
Larissa e Talita passaram de fase na Suíça
Divulgação
Estadão Conteúdo

Quatro duplas femininas do Brasil avançaram nesta quinta-feira às oitavas de final da etapa de Gstaad, na Suíça, de vôlei de praia. Ágatha/Duda, Elize Maia/Taiana e Larissa/Talita avançaram direto, ao terminarem na primeira colocação dos seus grupos. Já Fernanda Berti e Bárbara Seixas precisaram da repescagem para alcançar o mata-mata da etapa suíça, de nível Major.

Para assegurar o aproveitamento de 100% na etapa, Larissa e Talita precisaram vencer as alemãs Victoria Bieneck e Isabel Schneider por 2 sets a 0, com parciais de 21/11 e 26/24. Nas oitavas, elas farão um duelo totalmente brasileiro contra Fernanda Berti e Bárbara Seixas, medalha de prata nos Jogos do Rio-2016, ao lado de Agatha.

Em Gstaad, Fernanda e Bárbara não conseguiram vencer todos os seus jogos na fase de grupos e precisaram da repescagem para seguir na competição. Na última rodada, perderam das suíças suíças Joana Heidrich e Anouk Vergé-Depré por 17/21, 25/23 e 15/13. Na repescagem, bateram as canadenses Julie Gordon e Camille Saxton por 21/13, 19/21 e 15/08).

Formando dupla com Duda neste ano, Ágatha superou as canadenses Heather Bansley e Brandie Wilkerson por 21/18, 17/21 e 15/13, pela última rodada da fase de grupos, mantendo o 100% de aproveitamento. Nas oitavas de final, elas vão encarar as vencedoras do confronto entre as norte-americanas Kerri Walsh e Branagh e as suíças Huberli e Betschart.

Já Elize Maia e Taiana, que vieram do "country quota", derrotaram as irmãs ucranianas Inna e Iryna Makhno por 21/10 e 21/16). Suas próximas adversárias serão as australianas Bawden e Clancy.



Outra dupla brasileira na disputa, Juliana e Carolina Horta foram eliminadas na repescagem. Elas até venceram as espanholas Elsa Baquerizo e Amaranta Navarro por 2 21/14 e 21/15, na rodada final da fase de grupos. Mas caíram diante das canadenses Bansley e Wilkerson por duplo 21/18.

MASCULINO

Na outra chave da etapa suíça, Pedro Solberg e Guto tiveram encerrada nesta quinta a série de 12 vitórias consecutivas no Circuito Mundial. Eles vêm de título em Porec, na semana passada. E, assim como aconteceu na Croácia, começaram a trajetória em Gstaad pelo "country cota".

A sequência foi quebrada por causa da derrota para os mexicanos Virgen e Ontiveros por 21/16 e 21/19. O revés, contudo, não acabou com as chances de classificação às oitavas de final. Eles podem terminar a campanha na fase de grupos na liderança da sua chave. Para tanto, precisaram superar os canadenses Sam Pedlow e Sam Schachter, nesta sexta, e ainda torcer por uma combinação de resultados. Se não der certo, terão que passar pela repescagem.

Atuais campeões olímpicos, Alison e Bruno Schmidt também sofreram derrota nesta quinta e ainda seguem com chances na etapa suíça. Eles foram superados pelos cubanos Nivaldo Diaz e Sergio Gonzalez por 21/13 e 21/19. Nesta sexta, a dupla vai enfrentar os suíços Nico Beeler e Marco Krattiger.

Já Álvaro Filho/Saymon e Evandro/André Stein voltaram a vencer nesta quinta e seguem invictos na etapa. Álvaro Filho e Saymon venceram os norte-americanos Ryan Doherty e John Hyden por 21/18, 16/21 e 15/11. E Evandro e André Stein bateram os canadenses Ben Saxton e Chaim Schalk por 16/21, 21/17 e 15/07.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM