Jornal do Commercio
VÔLEI

França derrota o Canadá e enfrenta o Brasil na decisão da Liga Mundial

Os franceses ganharam dos canadenses por 3 sets a 1

Publicado em 07/07/2017, às 20h51

Os franceses ganharam dos canadenses por 3 sets a 1 e estão na final da Liga Mundial / Foto: Divulgação/FIVB
Os franceses ganharam dos canadenses por 3 sets a 1 e estão na final da Liga Mundial
Foto: Divulgação/FIVB
Estadão Conteúdo

A seleção brasileira masculina de vôlei conheceu nesta sexta-feira o seu adversário na decisão da Liga Mundial. Será a França, que superou o Canadá na semifinal por 3 sets a 1 - com parciais de 25/19, 22/25, 25/19 e 25/21 -, em uma quadra montada na Arena da Baixada, o estádio do Atlético Paranaense, em Curitiba.

Pouco antes, a equipe do técnico Renan Dal Zotto havia se garantido na decisão da Liga Mundial ao superar os Estados Unidos também por 3 sets a 1 - com parciais de 25/20, 23/25, 25/20 e 25/19.

A final será neste sábado, às 23h05, na Arena da Baixada, e marcará um importante desafio para o Brasil: campeã em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010, a equipe não vence o torneio há sete anos. Pode, assim, quebrar a marca com o "estreante" Renan Dal Zotto, substituto de Bernardinho.



JOGO

Para vencer o duelo desta sexta-feira, a França foi mais agressiva e terminou com mais pontos marcados no ataque (50 a 45) e no saque (9 a 4). Destaque especial para Earvin Ngapeth, que fechou o jogo com 24 acertos.

A seleção francesa venceu a competição em 2015, quando superou a Sérvia no ginásio do Maracanãzinho, no Rio, e conquistou o bronze em 2016. Já o Brasil foi vice no ano passado e em 2014, 2013 e 2011.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM