Jornal do Commercio
Superluta

Primeiro evento de Mayweather x McGregor tem encarada e provocações

Os dois ficaram frente a frente nesta terça-feira (11), no Staple Center, em Los Angeles (EUA).

Publicado em 11/07/2017, às 21h17

Os dois lutadores se encararam e trocaram muitas provocações. / Foto: AFP.
Os dois lutadores se encararam e trocaram muitas provocações.
Foto: AFP.
JC Online

A turnê promocional da superluta entre o campeão dos leves do UFC, Conor McGregor; e o ex-campeão dos meio-médios de boxe, Floyd Mayweather teve uma encarada de mais de um minuto com direito a muita provocação entre os dois atletas e coletiva em que o pugilista rendeu-se ao 'trash talk' do irlandês para provocá-lo. Os dois ficaram frente a frente nesta terça-feira (11), no Staple Center, em Los Angeles (EUA). Apesar de estar em seu país, Floyd teve que encarar torcida contra, inclusive sendo até alvo de uma bandeira da Irlanda quando caminhava para o palco. Os dois se enfrentam na T-Mobile Arena, no dia 26 de agosto.

McGregor entrou primeiro e cada um de seus movimentos era aplaudido. Na hora da entrevista ele provocou o rival e prometeu um nocaute no quarto round. A primeira provocação do Notorius foi ao bolso de Mayweather, pois o americano sempre ostentou os milhões amealhados na carreira, mas está em débitro com a Receita Federal de seu país, inclusive já tendo pedido um prazo maior à receita federal para regularizar sua situação.

"Ele está quebrado, está vestindo um agasalho de corrida, sequer consegue pagar um terno. Ele está com 40 (anos), vou nocauteá-lo em quatro rounds, anotem minhas palavras. Ele não aguenta quatro rounds, não tenho medo dele, essa não é uma luta verdadeira", provocou. Os dois se enfrentarão pelas regras do boxe.



Floyd respondeu que não se importava em lugar num ringue de boxe ou num octógono de MMA, no que foi interrompido pelo rival, dizendo que ele se importava. Depois, provocou o irlandês chamando-o de Mr. Tapout, uma referência aos três tapas indicadores de que o lutador desistiu do combate no MMA. Foi dessa forma que McGregor perdeu na primeira luta contra Nate Diaz. Terminou dizendo. "Deus só fez uma coisa perfeita e é o meu cartel de boxe", arrematou, lembrando de suas 49 vitórias em 49 lutas.

O giro dos dois lutadores segue nesta quarta-feira (12) em Toronto (Canadá). Depois passa por Nova Iorque (quinta) e Londres, Inglaterra (sexta), em Wembley.

Confira como foi a encarada:


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM