Jornal do Commercio
VELA

Francis Joyon bate seu próprio recorde de travessia do Atlântico

Velejador francês atravessou oceano em 5 dias, 2 horas e 7 minutos

Publicado em 12/07/2017, às 03h22

Joyon estabeleceu o recorde sem a ajuda de uma janela meteorológica favorável / Foto: AFP/Frec TANNEAU
Joyon estabeleceu o recorde sem a ajuda de uma janela meteorológica favorável
Foto: AFP/Frec TANNEAU
AFP

Francis Joyon, um velejador especialista na quebra de recordes, estabeleceu nesta quarta-feira uma nova marca para a travessia solitária do Atlântico, com o tempo de 5 dias, 2 horas e 7 minutos.

Seis meses após quebrar o recorde de volta ao mundo em veleiro com tripulação (40 dias), Joyon reduziu sua própria marca em viagem só pelo Atlântico estabelecida em 16 de junho de 2013, de 5 dias, 2 horas e 56 minutos.



Joyon partiu de Nova York na quinta-feira e chegou a Cap Lizard, na Grã-Bretanha, estabelecendo o novo recorde de forma surpreendente porque tratava-se apenas de uma viagem de volta de uma travessia.

Saída

O velejador de 61 anos saiu de Nova York às 23H30 GMT (20H30 Brasília) de 6 de julho e chegou à 01H37 (22H37) desta quarta a Cap Lizard, com a travessia sendo homologada por um observador do World Sailing Speed Record Council (WSSRC).

Joyon estabeleceu o recorde sem a ajuda de uma janela meteorológica favorável.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM