Jornal do Commercio
automobilismo

Após seis anos de acidente, Kubica fará teste e pode voltar à F-1

Kubica sofreu um acidente antes da temporada de 2006 e interrompeu carreira na Fórmula 1. Ele fará teste pela Renault na próxima semana

Publicado em 25/07/2017, às 14h43

Kubica está ansioso para voltar a pilotar na Fórmula 1 / AFP
Kubica está ansioso para voltar a pilotar na Fórmula 1
AFP
JC Online

O polonês Robert Kubica sofreu um acidente bem grave de rali antes do início da temporada de Fórmula 1 de 2011. O piloto quase morreu e precisou de alguns meses para se recuperar do choque. Ele machucou a mão, o que impediu sua participação no Mundial, além de interromper sua carreira no automobilismo. Seis anos depois, Kubica visualiza uma grande oportunidade de voltar a pilotar na Fórmula 1. 



#TimeToTest2017Renault ???? ???? #Hungary #Hungaroring #02August2017 #F1 #Kubica

Uma publicação compartilhada por Robert Kubica (@kubicaofficial) em

POSSÍVEL RETORNO

A Renault anunciou que na próxima semana, dia 2 de agosto, Kubica fará novo teste. O evento pode ser um sinal que ele volte à categoria em 2018 para substituir Jolyon Palme. Kubica disputou 76 corridas na categoria entre 2006 e 2010.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM