Jornal do Commercio
despedida

Em despedida da carreira, Usain Bolt se machuca e não completa prova

Quando recebeu o bastão na reta final, a Jamaica disputava o pódio com a Grã-bretanha e os Estados Unidos

Publicado em 12/08/2017, às 18h25

Usain Bolt sentiu dores e não conseguiu completar o revezamento 4x100 masculino vencido pelo time da Grã-Bretanha, neste sábado, durante o Mundial de Atletismo 2017, em Londres / AFP
Usain Bolt sentiu dores e não conseguiu completar o revezamento 4x100 masculino vencido pelo time da Grã-Bretanha, neste sábado, durante o Mundial de Atletismo 2017, em Londres
AFP
AFP

Na sua despedida das competições, o jamaicano Usain Bolt sentiu dores e não conseguiu completar o revezamento 4x100 masculino vencido pelo time da Grã-Bretanha, neste sábado, durante o Mundial de Atletismo 2017, em Londres.

Quando recebeu o bastão na reta final, a Jamaica disputava o pódio com a Grã-bretanha e os Estados Unidos.

Emoção

Após aproximadamente 20 metros, Bolt sentiu a perna, tentou completar a prova, mas não aguentou as dores e desabou. Em imagem emocionante, o Raio cruzou a linha de chegada acompanhado dos companheiros de equipe. 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM