Jornal do Commercio
Tenis

Americana Sloane Stephens é campeã do US Open

Sloane Stephens conquistou seu primeiro título de Grand Slam ao derrotar neste sábado (9) a compatriota Madison Keys

Publicado em 09/09/2017, às 19h19

Stephens, número 83 do mundo, levou para casa a premiação de 3,7 milhões de dólares pela vitória na final do último Grand Slam do ano contra a amiga Keys, na primeira final entre tenistas americanos desde 1998. / Foto: Abbie Parr / Getty Images / AFP
Stephens, número 83 do mundo, levou para casa a premiação de 3,7 milhões de dólares pela vitória na final do último Grand Slam do ano contra a amiga Keys, na primeira final entre tenistas americanos desde 1998.
Foto: Abbie Parr / Getty Images / AFP
AFP

A americana Sloane Stephens conquistou seu primeiro título de Grand Slam ao derrotar neste sábado (9) a compatriota Madison Keys em dois sets, 6-3, 6-0, na final do US Open, em Nova York.

Stephens, número 83 do mundo, levou para casa a premiação de 3,7 milhões de dólares pela vitória na final do último Grand Slam do ano contra a amiga Keys, na primeira final entre tenistas americanos desde 1998.

A nova campeã, de 24 anos, é apenas a segunda mulher não cabeça de chave a vencer o US Open desde a belga Kim Clijsters, que em 2009 ergueu o troféu após voltar de uma aposentadoria.

Stephens se tornou também a primeira americana não chamada Venus ou Serena Williams a vencer um Grand Slam desde Jennifer Capriati no Aberto da Austrália de 2002 e do US Open desde Lindsay Davenport em 1998.

O caminho da tenista da Flórida até o título não foi fácil. Impossibilitada de competir por onze meses devido a uma fratura no pé, Stephens caiu para o 957º lugar no ranking WTA, voltando a competir somente em julho. Na próxima segunda-feira, ela aparecerá na 22ª posição do ranking.



Para surpresa geral, Stephens havia alcançado as semifinais dos torneios de Toronto e Cincinnati antes de apresentar ao US Open como convidada.

No torneio recém-finalizado, a americana eliminou a italiana Roberta Vinci na estreia, a eslovaca Dominika Cibulkova na rodada seguinte e principalmente a compatriota Venus Williams nas semifinais, Stephens voltou a dominar sua adversária.

Stephens fechou a partida após 61 minutos em quadra graças a um tênis preciso e de poucos erros não forçados (6), apostando nos winners na paralela do fundo de quadra.

A vencedora estabeleceu o ritmo de jogo desde o início, quando conseguiu o primeiro de suas cinco quebras de saque no quinto game, antes de destruir a amiga Keys com um 'pneu' no último set.

Ao fim da partida, as duas jogadores protagonizaram um longo abraço na rede e foi Stephens que consolou a triste Keys. Antes da cerimônia de premiação, porém, foi possível ver as duas amigas conversando com sorrisos nos rostos.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM