Jornal do Commercio
Tênis

Sock derrota Cilic e mantém boa chance de avançar no ATP Finals

Norte-americano foi batido na estreia pelo suíço Roger Federer

Publicado em 14/11/2017, às 16h01

Norte-americano venceu por dois sets a um / Foto: AFP
Norte-americano venceu por dois sets a um
Foto: AFP
Estadão Conteúdo

Após ser batido por Roger Federer na estreia, o norte-americano Jack Sock reagiu no ATP Finals ao superar o croata Marin Cilic em sua segunda partida no grupo, nesta terça-feira. Ao derrotar o rival por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/2 e 7/6 (7/4), o campeão do Masters 1000 de Paris manteve boa chance de avançar na competição disputada em Londres. 

Com uma vitória e uma derrota no torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada, o norte-americano precisa superar o alemão Alexander Zverev na última rodada para manter a chance de ir à semifinal. Ainda nesta terça, pelo mesmo Grupo Boris Becker, Zverev vai duelar com Federer.

Se vencer em sets diretos, o suíço se garantirá na semifinal. E, como consequência, Zverev vai fazer confronto direto com Sock na quinta-feira em busca da segunda vaga da chave. No ATP Finals, os oito tenistas são divididos em dois grupos de quatro atletas cada. Os dois melhores de cada chave avançam às semifinais. 



Com duas vitórias em dois jogos contra Cilic, o tenista dos Estados Unidos fez um início de jogo irregular, ao levar duas quebras de saque. No segundo set, o 9º do ranking cometeu menos erros, sustentou o seu serviço até o fim e ainda impôs duas quebras ao 5º do mundo. 

O terceiro set, decidido no tie-break, foi o mais equilibrado. Cilic não conseguiu fazer valer o seu melhor serviço e Sock se saiu melhor nos pontos decisivos, sacramentando a vitória após 2h28min de confronto. Com o revés, o croata tem chances remotas de avançar na competição.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM