Jornal do Commercio
Basquete

Uninassau busca primeira vitória fora de casa na LBF

Equipe de Roberto Dornelas enfrenta o Catanduva nesta quinta-feira (15), no interior de São Paulo

Publicado em 14/02/2018, às 17h53

Se vencer o Catanduva, Uninassau conquistará p segundo triunfo na LBF / Uninassau/Divulgação
Se vencer o Catanduva, Uninassau conquistará p segundo triunfo na LBF
Uninassau/Divulgação
JC Online

Após vencer o Ituano na última rodada da Liga de Basquete Feminino (LBF), a Uninassau enfrenta o Catanduva, nesta quinta-feira (15), às 18h, no Ginásio Anuar Pachá, no interior de São Paulo. O objetivo das comandadas de Roberto Dornelas é reconquistar a confiança e engrenar na competição. O time aproveitou os últimos 15 dias em que ganhou uma folga na tabela para treinar intensivamente.

O técnico usou a folga na tabela para corrigir algumas deficiências apresentadas nas três primeiras rodadas e para aprimorar o que o time já vinha desempenhando bem dentro de quadra. Nem mesmo no Carnaval, quando o Recife praticamente para em função dos dias de folia, fez com que a equipe deixasse de treinar. Tudo em busca da primeira vitória fora de casa e da segunda na LBF 2018.



Apesar de Catanduva ainda não ter triunfado até o momento, o jogo está sendo encarado como uma verdadeira decisão. A cada erro, uma mistura de cobrança e força para a companheira acertar. A cada acerto, palmas e comemoração. “Este deve ser nosso espírito. Apesar de ser apenas o quarto jogo, decidimos encarar todos eles como verdadeiras decisões. A primeira delas será contra Catanduva. Podem ter certeza que a Uninassau vai entrar em quadra focada e com uma vontade imensa de vencer”, afirmou a armadora Casanova.

ESTUDO DO ADVERSÁRIO

Em busca da forma de jogar ideal diante de um adversário forte como as paulistas, o técnico Roberto Dornelas assistiu todos os cinco jogos da equipe na LBF até o momento. “Sempre assisto o máximo do outro time para identificar as principais jogadas, o que devemos anular e onde será o melhor caminho para atacar. Treinamos em cima disso. Estamos muito confiantes em fazer um bom jogo”, fibalizou o treinador.

 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM