Jornal do Commercio
Marca Histórica

[VÍDEO] Brasileiro quebra recorde de maior onda surfada da história

O brasileiro de 38 anos quebrou o antigo recorde de 23,77 metros do americano Garret McNamara ao domar uma onda de 24,38 metros de altura

Publicado em 29/04/2018, às 20h14

Onda foi surfada durante sessão realizada em novembro de 2017 / Foto: AFP
Onda foi surfada durante sessão realizada em novembro de 2017
Foto: AFP
AFP

O surfista brasileiro Rodrigo Koxa surfou a maior onda da história do esporte, durante sessão realizada em novembro de 2017, na cidade portuguesa de Nazaré, segundo anúncio da Liga Mundial de Surfe (WSL) neste domingo.

Segundo o site Praia do Norte, que se baseia em dados da WSL, o brasileiro de 38 anos quebrou o antigo recorde de 23,77 metros do americano Garret McNamara ao domar uma onda de 24,38 metros de altura.

Agradecimento

"Obrigado a todos pelo suporte, vocês me ajudaram a acreditar que era possível. Novo recorde mundial da maior onda surfada na história do surf.. Que honra!", comemorou Koxa em sua página no Facebook.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Andrea,30/04/2018

Encarar esse paredão aí é pra poucos!! Parabéns pela coragem !!!



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM