Jornal do Commercio
notícia triste

Joanna Maranhão lamenta aborto espontâneo: 'dilacerada e sem forças'

Joanna Maranhão contou por meio de suas redes sociais a notícia que sofreu um aborto espontâneo. Ela e o marido, Luciano Corrêa, lamentaram a perda do bebê

Publicado em 14/06/2018, às 13h55

Joanna e Luciano se casaram em 2016 / Reprodução/Instagram
Joanna e Luciano se casaram em 2016
Reprodução/Instagram
JC Online

A pernambucana Joanna Maranhão usou as redes sociais para desabafar a dor que sofreu após um aborto espontâneo, esta semana. A nadadora contou que ela e o marido, Luciano Corrêa, foram surpreendidos com a notícia de uma gravidez. Ficaram imensamente felizes e começaram a planejar a chegada do primeiro filho do casal. A má notícia é que ela foi novamente surpreendida com um sangramento que logo se revelou um aborto.

DILACERADA

Em seu texto, Joanna fala em dor profunda e a sensação de estar dilacerada e sem forças. "Na semana passada tive um  sangramento, uma ameaça de aborto, me mantive em repouso e segui orientação médica. Infelizmente, hoje tivemos a notícia de que a gestação não evoluiu. De todas as lutas que travei na vida, nenhuma me deixou tão impotente como essa", desabafou.



Nunca achei que algum dia eu iria sentir uma dor tão profunda como essa. Há algumas semanas fomos surpreendidos com a novidade de estarmos grávidos. Surpresa e alegria encheram nossos corações, eu nunca tinha me sentido tão completa na vida. Na semana passada tive um sangramento, uma ameaça de aborto, me mantive em repouso e segui orientação médica. Infelizmente, hoje tivemos a notícia de que a gestação não evoluiu. De todas as lutas que travei na vida, nenhuma me deixou tão impotente como essa. Pela primeira vez na vida me sinto fraca, dilacerada, sem forças. Irei me ausentar das redes sociais por um tempo, peço desculpas aos eventos previamente agendados que não pude atender. Por alguns momentos questionei a minha fé. Não consigo entender nesse momento os propósitos de Deus e da espiritualidade, a única coisa que peço é que me deem forças, porque nesse momento, não tenho nenhuma. Agradecemos a força e apoio dos médicos Dr Eduardo, Dra Tathi, dos nossos familiares e amigos. Com carinho, Joanna e Luciano

Uma publicação compartilhada por Joanna Maranhão ???????????? (@jujuca1987) em

 


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por LucindaBarbosa,14/06/2018

Joanna, sou mãe, compartilho sua dor....Neste momento voce não entende os propósitos de DEUS, porem ele sabe de todas as coisas.No momento como voce mesmo diz :estou dilacerada, porem DEUS estará em seu lado mesmo que voce não o sinta e em breve voce tera novamente o privilegio de ser mae.Passastes por inúmeros desafios foste forte!E continuaras a ser.QUE deus te ilumine hoje e sempre.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM