Jornal do Commercio
Cobra Coral

Eutrópio quer vitória do Santa ante o Campinense apesar de vantagem

Tricolor só precisa de um empate para avançar à próxima fase da Copa do Nordeste

Publicado em 20/03/2017, às 10h19

Vinícius Eutrópio quer a mesma postura do Santa apresentada contra o Central  / Santa Cruz/Divulgação
Vinícius Eutrópio quer a mesma postura do Santa apresentada contra o Central
Santa Cruz/Divulgação
LUANA PONSONI

Para garantir classificação à próxima fase da Copa do Nordeste, o Santa Cruz precisa apenas de um empate com o Campinense em seu próximo compromisso. O confronto está marcado para esta quarta-feira (22), às 21h45, no Arruda. Uma vitória pelo placar mínimo, porém, garante o primeiro lugar do Grupo A à Cobra Coral. Apesar do cenário tranquilo, o técnico Vinícius Eutrópio não quer que seus comandados “tirem o pé” contra o time de Campina Grande. Está exigindo da equipe a mesma postura apresentada diante do Central, no último sábado (18). Na ocasião, o tricolor goleou por 5x1 dentro de casa, em duelo da sétima rodada do Estadual.

“Quanto ao Campinense, apesar de termos o placar a nosso favor, não podemos pensar nisso. Vamos nos impor no jogo, com respeito ao adversário e vamos jogar para ganhar. Temos que ganhar. O pior resultado é o empate, mas a gente joga dessa forma e vai ser assim nesta quarta-feira”, declarou o treinador.

NÍVEL MATA-MATA

Eutrópio espera que os jogadores da sua equipe entrem em campo com o espírito de decisão, apresentando organização dentro das quatro linhas. “A minha expectativa é fazer um jogo competitivo e organizado. Saber jogar um jogo decisivo e dentro da partida criar uma situação inusitada. Vamos preparar a equipe para o mata-mata e temos que ver a reação. Mata-mata não tem nada a ver com esses jogos normais e vamos mudar essa postura”, destacou.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores
#ACulpaNãoÉDelas #ACulpaNãoÉDelas
Histórias de mulheres que passaram anos sendo agredidas por seus parceiros e, com medo, permaneceram em silêncio. Essa série de reportagem discute novos olhares no enfrentamento às agressões contra a mulher, até porque a culpa não é delas

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM