Jornal do Commercio
Tricolor

Santa Cruz reencontrará Grafite em jogo ante o Atlético-PR pelas oitavas da Copa do Brasil

Sorteio que definiu adversário aconteceu na manhã desta quinta-feira (20), na sede da CBF

Publicado em 20/04/2017, às 12h40

Grafite vai encontrar um Santa Cruz totalmente remodelado / JC Imagem
Grafite vai encontrar um Santa Cruz totalmente remodelado
JC Imagem
Luana Ponsoni

O Santa Cruz vai reencontrar o atacante Grafite nas oitavas de final da Copa do Brasil. O sorteio que definiu o adversário coral nessa fase da competição aconteceu nesta manhã e apontou o Atlético-PR, atual clube do ídolo tricolor, como oponente do time do Arruda. A data e os mandos de campo dos confrontos só serão definidos às 15h desta quinta-feira (20), na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Foto: JC Imagem

Grafite conquistou dois Pernambucanos e uma Copa do Nordeste no Santa

Grafite é um jogador que tem forte identificação com o Santa Cruz. Com três passagens pela Cobra Coral. Atuou nas temporada 2001 e retornou ao clube em 2002. Depois de 13 anos afastado, voltou a vestir a camisa do Santa Cruz em 2015, onde ficou até o ano passado.

Com a camisa coral, o jogador conquistou os dois últimos Campeonatos Pernambucanos e o troféu da Copa do Nordeste de 2016. Grafite, inclusive, foi eleito o melhor jogador do Regional.



A renovação do atacante com o Santa Cruz, após a sua chegada em 2015, aconteceu em junho do ano seguinte. Ao assinar com um salário de R$ 200 mil reais, ele se tornou o jogador com a maior remuneração da história do clube do Arruda.

DESPEDIDA

Em 9 de dezembro de 2016, Grafite rescindiu o contrato, usando cláusula que permitia a liberação do atleta diante de proposta de times brasileiros ou do exterior. O atacante deixou o Arruda no momento em que o clube enfrentava uma grave crise financeira, da qual ainda luta para se safar.

Quando entrar em campo para enfrentar o Santa Cruz, Grafite vai encontrar uma equipe inteiramente reformulada. Boa parte dos jogadores que atuaram a seu lado nos dois últimos anos deixaram o clube. Inclusive talentos formados na Cobra Coral, como o lateral/meia Renatinho. Dos seus contemporâneos, restam apenas os laterais Roberto, Tiago Costa (esquerdos) e Vitor (direito).


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM