Jornal do Commercio
Série B

Não é só futebol: Eutrópio pede atenção no planejamento do Santa Cruz

Técnico diz que clube tem que cumprir série de requisitos, dentro e fora de campo, para subir na Série B

Publicado em 18/05/2017, às 06h12

"Série B é um rali de regularidade", diz treinador do Santa Cruz
Alexandre Gondim/JC Imagem
Diego Toscano
Twitter: @diegobmtoscano

Em um campeonato longo como a Série B, só o que acontece dentro do gramado não é suficiente para conseguir o acesso. Pelo menos é o que afirma Vinícius Eutrópio, técnico do Santa Cruz. Segundo o comandante, a Segundona é um rali de regularidade, e só consegue subir quem cumpre o planejamento todo, da parte técnica até a logística de viagens.

“Na Série B você tem que estar atento a todos os itens. A gente vai procurar seguir todos eles. Digo pra vocês que, na metade do turno, 50% dos times já se autoeliminaram. Após 19 partidas, se nós seguirmos isso rigorosamente, seremos sérios candidatos a subir”, explicou Eutrópio.



COMPROMETIMENTO

Sem querer revelar os “segredos” para se subir, Eutrópio afirmou que tem conversado diariamente com a diretoria para acertar os últimos detalhes visando a Segundona. “Já passei pela Série A, subi com clube da B e fui coordenador técnico de equipes. Tenho conversado muito com a diretoria para que tudo que foi prometido seja cumprido. A meta é chegar nas últimas 10 rodadas, se não dentro do G-4, próximo para lutar por esse acesso. É fundamental cumprir o planejamento”, ressaltou.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM