Jornal do Commercio
Tricolor

Santa Cruz desembarca no Recife mirando clássico contra Náutico

O Santa Cruz enfrenta o Náutico, sábado (15), na Arena de Pernambuco, pela 14ª rodada da Série B.

Publicado em 12/07/2017, às 19h09

O técnico Givanildo Oliveira não vai ter tempo para trabalhar a equipe do Santa Cruz para o clássico contra o Náutico.  / Foto: Davi Saboya/JC
O técnico Givanildo Oliveira não vai ter tempo para trabalhar a equipe do Santa Cruz para o clássico contra o Náutico.
Foto: Davi Saboya/JC
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

Depois de empatar por 2x2 diante do Luverdense, o Santa Cruz desembarcou no Recife, nesta quarta-feira (12), sem muito tempo para comemorar o ponto que trouxe na bagagem. O Tricolor enfrenta o Náutico, sábado, na Arena de Pernambuco. Mesmo o rival alvirrubro estando em uma situação bastante delicada na tabela da Série B (lanterna com seis pontos), a equipe coral sabe que dentro de campo a história é outra. 

"Isso não influência. O Náutico empatou com o primeiro colocado da competição. Não existe jogo fácil. Vamos seguir respeitando todos os adversários", afirmou o zagueiro Bruno Silva que, de pênalti, evitou a derrota na última partida.

Em menos de uma semana, o Santa Cruz vai realizar três jogos diante do Náutico, Vila Nova e Boa Esporte, respectivamente. Como o Clássico das Emoções será disputado na Arena de Pernambuco e os outros dois como mandante, o Tricolor não vai precisar se desgastar com a viagem. 

"Não temos muito tempo para treinar. Vamos ver o que o Givanildo (Oliveira) vai passar para procurarmos seguir todas as orientações nesses jogos que serão decisivos", disse Bruno.



O fato curioso na chegada do Santa Cruz foi que a delegação coral chegou na capital pernambucana no mesmo avião da Chapecoense, que enfrenta o Sport, nesta quinta-feira (13), na Arena de Pernambuco. 

POSITIVO

O Santa Cruz arrancou o empate por 2x2 diante da Chapecoense, na última terça-feira (11), apenas no final da partida com um gol de pênalti do zagueiro Bruno Silva. Um resultado positivos dentro do contexto do jogo. "Sabemos da dificuldade que vai ser o jogo. Saímos atrás, empatamos, depois tiver que correr atrás de novo do empate. Então, é um ponto que pode ser comemorado", finalizou. 


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM