Jornal do Commercio
Série B

Sem dois atacantes e volta de ala: o último treino do Santa no Recife

No Arruda, Givanildo Oliveira fez trabalho em campo reduzido antes de viagem para o Paraná

Publicado em 27/07/2017, às 10h01

Tiago Costa voltou a treinar e está à disposição / Rodrigo Baltar/Santa Cruz
Tiago Costa voltou a treinar e está à disposição
Rodrigo Baltar/Santa Cruz
Diego Toscano
Twitter: @diegobmtoscano

No último treinamento no Recife visando o duelo contra o Paraná, no próximo sábado (29), o técnico Givanildo Oliveira fez um trabalho em campo reduzido no Arruda, nesta quinta (29). Nele, o treinador do Santa Cruz contou com a volta de um jogador na defesa, mas perdeu dois no setor de ataque.

Recuperado de cansaço muscular, Tiago Costa voltou aos trabalhos. A lateral esquerda é o maior dor de cabeça do Santa Cruz atualmente. Tiago é o único da posição à disposição para a partida. Titular no início do ano, Eduardo Brito está machucado, enquanto Roberto foi para a Chapecoense. Na última quarta (26), o clube anunciou a contratação do ala Yuri, do Botafogo.



ATAQUE

No ataque, Bruno Paulo segue como dúvida, com uma forte amigdalite. O departamento médico do Santa Cruz ainda não informou se ele viaja ou não para Curitiba. Já o centroavante Ricardo Bueno não treinou nesta quinta (27) porque foi resolver problemas particulares, mas não preocupa para a partida contra o Paraná


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM