Jornal do Commercio
Série B

As opções de Martelotte no Santa Cruz

JC listou quatro possíveis mudanças para o duelo contra o Goiás

Publicado em 13/09/2017, às 07h27

Time volta a jogar na próxima sexta (15), no Arruda / Fernando da Hora/Acervo JC Imagem
Time volta a jogar na próxima sexta (15), no Arruda
Fernando da Hora/Acervo JC Imagem
Diego Toscano
Twitter: @diegobmtoscano

Há oito jogos sem vencer, o Santa Cruz tenta encontrar soluções para reagir na Série B. Na zona de rebaixamento desde o dia 19 de agosto, o tricolor do Arruda contratou Marcelo Martelotte, que estreou no empate contra o ABC, no último sábado, e está no mercado atrás de reforços para tentar deixar o Z-4. Mas, olhando para o elenco, o que pode mudar já visando o duelo contra o Goiás, na próxima sexta? O JC fez uma análise do plantel tricolor e listou quatro opções de mudança, entre troca de peças e alteração de esquema na Cobra Coral.

LATERAL

Em má fase na esquerda, o lateral Tiago Costa é um dos mais criticados do elenco. Contra o ABC, no último sábado, errou seis dos sete cruzamentos que tentou. A opção mais próxima é a volta de Yuri, que se recuperou de problema na lombar. Além da parte ofensiva, o jovem jogador também recompõe bem na defesa.

ZAGA

Dentre todas as dores de cabeça de Martelotte, a maior delas, hoje, é a defesa. Sem Bruno Silva e Anderson Salles, machucados, e com Eduardo Brito ainda voltando a treinar após pubalgia, o treinador tem a dura missão de encontrar o parceiro de Sandro na zaga. E tem três opções: ou apressa a estreia de Guilherme Mattis – contratado ontem do Bragantino, com passagens por Vitória e Fluminense e que chega hoje -, ou inscreve o garoto Walter Guimarães, gastando uma das três vagas restantes para reforçar o elenco. Outra opção é improvisar Wellington Cézar, assim como fez contra o ABC.



MEIO DE CAMPO

Quarto pior ataque da Série B, com 23 gols marcados em 23 jogos (empatado com Goiás e CRB), o sistema ofensivo do Santa Cruz está pressionado. Sem Léo Lima, machucado, com João Paulo jogando em função diferente e Thiago Primão ainda sem render em 2017, o meio de campo pode mudar. Na semana passada, Martelotte testou a equipe com dois meias, dando a chance de Primão e João Paulo atuarem juntos no setor pela primeira vez.

ATAQUE

Entre os atacantes, o esquema com dois pontas e um centroavante fixo, que vem sendo ineficiente nas últimas rodadas, também pode ser mudado. Uma das opções é colocar Ricardo Bueno e Grafite juntos contra o Goiás, assim como treinaram na semana passada. Caso a escolha seja mesmo o 4-3-3, jogadores como Pachu, que ainda não estreou com a camisa da Cobra Coral, e Augusto, também podem ser novidades.

COBRANÇA

Independente de quem for entrar, o goleiro Julio Cesar quer a equipe trabalhando mais e se cobrando para reagir na Série B. “Acho que é o momento que a gente precisa se cobrar mais mesmo. Cada um se auto-avaliar e se avaliar como elenco. Marcelo chegou cobrando bastante. Sabemos que temos que melhorar. Só acredito que as coisas mudem e melhorem com trabalho, concentração e foco. Não vamos achar uma fórmula mágica para vencer jogos sem trabalhar”, disse.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM