Jornal do Commercio
Série B

João Paulo se sente à vontade em nova função no Santa Cruz

Meia de origem, jogador vem atuando como ponta esquerda no Santa

Publicado em 13/09/2017, às 18h57

"Estou aqui para ajudar", afirmou o meia do Santa Cruz
Guga Matos/JC Imagem
Diego Toscano
Twitter: @diegobmtoscano

"Estou aqui para ajudar. A posição que ele (Martelotte) escolher, vou dar meu melhor". É com esse espírito que João Paulo encara a mudança de função no Santa Cruz. Meia de origem, o jogador vem atuando como ponta esquerda na Era Marcelo Martelotte. E não vê incômodo em trocar de setor. O importante, para ele, é quebrar a sequência negativa de oito jogos sem vitória e tirar o Tricolor do Arruda da zona de rebaixamento da Série B.

"Eu já joguei nessa posição, aqui mesmo com o Vinícius (Eutrópio, ex-técnico do Santa Cruz), logo quando cheguei. Eu me sinto à vontade nela também. Não sinto desconforto nenhum. Estou aqui para ajudar. A posição que ele (Martelotte) escolher que eu faça, vou dar meu melhor pra gente sair dessa situação.", afirmou o meia.



FUNÇÕES

O jogador também explicou as diferenças de suas funções em campo na Era Givanildo Oliveira e agora com Marcelo Martelotte. "Com Giva, a gente jogava num 4-2-3-1. Agora, com Martelotte, estamos atuando num 4-2-4. Ele me dá bastante liberdade para flutuar por dentro e jogar como meia também. Sem a bola, é ajudar a marcação do lado esquerdo", finalizou o jogador do Santa Cruz


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM