Jornal do Commercio
Arruda

Santa Cruz ante velhos conhecidos no jogo diante do Figueirense

O Figueirense é o adversário do Santa Cruz, neste sábado, em Santa Catarina

Publicado em 12/10/2017, às 08h04

Anderson Salles deve formar a dupla de zaga ao lado de Guilherme Matis no Santa Cruz.   / Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Anderson Salles deve formar a dupla de zaga ao lado de Guilherme Matis no Santa Cruz.
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O Santa Cruz irá encontrar velhos conhecidos do futebol de Pernambuco na partida diante do Figueirense, sábado, às 16h30, no estádio Orlando Scarpelli, pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Isso porque o adversário do tricolor tem seis jogadores, além do técnico, com passagens pelo Trio de Ferro da Capital. São eles: o zagueiro Marquinhos (ex-Náutico), os volantes Zé Antônio (ex-Sport) e Ferrugem (ex-Sport), o meia Marco Antônio (ex-Náutico e Sport), os atacantes Jorge Henrique (ex-Náutico e Santa Cruz) e Zé Love (ex-Sport). Fora o treinador Milton Cruz (ex-Náutico). Esse último foi o mais recente, visto que enfrentou a Cobra Coral no Estadual.

Mesmo tendo ciência que o adversário tem peças que conhecem o Santa Cruz, o meia João Paulo acredita que isso não fará diferença. “Acho que isso não tem influência. Cada time vai buscar propor o seu jogo. Seremos bem competitivos para conseguir a vitória”, afirmou o atleta.

Com 29 pontos, na 18ª posição, o Santa Cruz visita um adversário direto na briga pela fuga da zona de rebaixamento. O Figueirense é o 17º colocado e tem 32 pontos. Por outro lado, o desempenho como mandante não ajuda o time catarinense, que tem o quarto pior desempenho como mandante: 14 jogos, cinco vitórias, quatro empates e cinco derrotas. No entanto, o desempenho do tricolor como visitante não é animador. Em 14 partidas, conquistou apenas duas vitórias e acumulou quatro empates e oito derrotas.



O foco no Santa Cruz é esquecer tudo fora das quatro linhas e se concentrar para buscar os três pontos diante do Figueirense. “Temos que pensar jogo a jogo. Todos falam que precisamos de 45, 46 pontos, mas o nosso foco tem que ser na próxima partida. Não adianta ficar pensando lá na frente. Aos poucos, vamos encontrando os pontos para tirar o Santa Cruz desta situação”, disse o zagueiro Anderson Sales.

O Santa Cruz viaja, no início desta tarde, para a cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, onde enfrenta o Figueirense. O último treino será amanhã no Centro de Treinamento do Avaí.

DE SAÍDA

O atacante Júlio César, mais conhecido como Júlio Sheik, não é mais jogador do Santa Cruz. Ele decidiu deixar o tricolor e se aposentar do futebol. O último treino dele foi ontem à tarde no Arruda. “É um cara que tem a vida estruturada, jogou muito tempo na Arábia”, comentou o empresário do atleta, Rodrigo Gomes.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Deusdedith firmino da Silva,13/10/2017

O santa Cruz precisa urgentemente desta vitória amanhã em Santa Catarina. Espero ver um time com muita força de vontade, valente com boa posse de bola, atacando o adversário com muita marcação. Marteloti, descansa Grafite o primeiro tempo, dá uma oportunidade a Augusto, quem sabe talvez esse ataque venha dá uma melhorada.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju
Chapecoense: um ano de saudade Chapecoense: um ano de saudade
Um ano de saudade. Foi isso que restou. A maior tragédia do esporte mundial, no dia 29 de novembro de 2016, quando houve o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, em Medellín, na Colômbia, fez 71 vítimas. Entre elas, dois pernambucanos

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM