Jornal do Commercio
Arruda

Aniversariante, Santa Cruz empata com Salgueiro e segue sem vencer

O Santa Cruz empatou por 1x1 com o Salgueiro, neste sábado, no estádio Cornélio de Barros

Publicado em 03/02/2018, às 21h57

Santa Cruz segue sem vencer na temporada 2018 / Foto: Arte SJCC
Santa Cruz segue sem vencer na temporada 2018
Foto: Arte SJCC
Davi Saboya
Twitter: @davisaboya

O Santa Cruz não conseguiu presentar a torcida com uma vitória no dia do aniversário. Empatou por 1x1 contra o Salgueiro, neste sábado, no estádio Cornélio de Barros, pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano. Vale destacar mais uma vez a boa atuação do goleiro Tiago Machowski, que fez boas defesas em lances perigosos e livrou a derrota. O técnico Júnior Rocha realizou quatro mudanças na equipe, mas a evolução foi pequena. O Tricolor do Arruda teve mais velocidade no pelotão de frente. Por outro lado, apresentou os mesmos erros de recomposição na defesa e muitas falhas na jogada por cima.

Com esse resultado, a Cobral Coral continua sem sentir o gosto da vitória nesta temporada. São seis jogos, quatro empates e duas derrotas entre o Estadual, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Além disso, permanece na 10ª posição com três pontos marcados em quatro jogos. O próximo jogo será contra o Treze, terça-feira, pela segunda rodada do Nordestão.

O JOGO

O Santa Cruz começou a partida esperando o tradicional abafa inicial do Salgueiro. Os grandes problemas foram a falta de um jogador coral na segunda bola, pois o Carcará forçou muito a bola parada e o espaço entre as linhas de defesa quando um jogador adversário tentava um lance individual. Tanto que o time sertanejo acertou a trave em um chute de Willian numa linda jogada durante os primeiros minutos.

A partir da metade do primeiro tempo o Santa Cruz começou a se soltar mais na partida e aproveitar os espaços pela laterais. Principalmente com o atacante Robinho quando saiu do lado esquerdo para o direito. Tanto que foi dos pés dele surgiu o primeiro lance de perigo. Ele invadiu a grande área e cruzou na meia altura. Jeremias completou e Mondragon fez uma grande defesa e polêmica. Os atletas corais reclamaram que a bola entrou com razão.

A evolução do Santa Cruz no início do primeiro tempo resultou em fruto nos últimos minutos. Em uma jogada de bola parada, aos 41 minutos, Arthur Rezende levantou na grande área, Robinho escorou e o zagueiro Augusto Silva completou para o gol. Etapa inicial muito igual visto que as duas equipes tiveram chances perigosas de balançar as redes.



Só que o Carcará voltou do intervalo com tudo. Pressionando o Santa Cruz, não demorou para conseguir o empate. Aos 9, Fabiano, de conhota, cobrou falta na entrada da grande área sem chance para o goleiro Tiago Machowski. A Cobra Coral tentava reagir, mas quando a bola chegava no último terço do campo faltava qualidade para definir as jogadas.

Mas a última metade terminou fria. Nem o Salgueiro e muito menos o Santa Cruz conseguiram terminar a partida com um alto volume de jogo. O Carcará esperou um erro da Cobra Coral, mas não aproveitou as oportunidades. Já o Tricolor do Arruda até mostrava vontade de agredir o adversário. No entanto, esbarrava na falta de qualidade do setor ofensivo.

FICHA DO JOGO - SALGUEIRO X SANTA CRUZ

Salgueiro - Mondragon; André Victor, Maurício, Luiz Eduardo e Izaldo (Juninho); Pêu, Willian, Escuro (Alexon) e Fabiano (Neto); Dadá e Piauí. Técnico: Paulo Júnior.

Santa Cruz - Tiago Machowski; Ítalo, Augusto Silva, Genílson e Ávila; Jorginho (João Ananias), Luiz Otávio e Arthur Rezende; Jeremias (Paulo Henrique), Robinho e Vinícius (Héricles). Técnico: Júnior Rocha.

Local: estádio Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE). Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Assistentes: Gilberto Freire de Farias e Marcelino Castro de Nazare. Cartões amarelos: nenhum time recebeu. Gols: Augusto Silva aos 41' do 1ºT e Fabiano aos 9' do 2ºT. Público: 1.393 torcedores. Renda: R$ 9.054,00


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por henrjk,04/02/2018

O time ainda está em fase de adaptação. Não é de uma hora pra outra que vai ganhar todas e além do mais o calendário futebolístico é cruel.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus As Paixões de José Pimentel, o eterno Jesus
O JC preparou um hotsite especial em homenagem ao ator e diretor Jose Pimentel, o eterno Jesus Cristo do teatro pernambucano
Nordeste Renovável Nordeste Renovável
Com a força dos ventos e a incidência solar, o Nordeste desponta como oásis. Não só para o turismo, nem apenas no Litoral. Na geração de energia sustentável está a nova fonte de riqueza da Região, principalmente no interior
Vidas Compartilhadas Vidas Compartilhadas
O JC apresenta o mundo da doação e dos transplantes de órgãos pelas vozes de pessoas que ensinam, mesmo diante das adversidades, a recomeçar a vida quantas vezes for preciso.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM