Jornal do Commercio
De saída

Júnior Rocha aceita proposta do CRB e deixa o comando do Santa Cruz

Clube alagoano anunciou a contratação em seu site oficial, informação confirmada pelo diretor de futebol do Santa Cruz, Felipe Rêgo Barros

Publicado em 15/04/2018, às 23h26

"Júnior Rocha, logo após a partida, nos procurou e afirmou ter recebido uma boa proposta do CRB", declarou Felipe Rego Barros
Diego Nigro/JC Imagem
Heitor Nery
Twitter: @heitor_qnfl

Júnior Rocha está de saída do Santa Cruz. O treinador irá deixar o Arruda para ser o novo comandante do CRB, clube que disputa a Série B do brasileirão. Através de seu site oficial, o clube alagoano confirmou a contratação para o restante da temporada.

A saída foi confirmada pelo diretor de futebol do Santa Cruz, Felipe Rêgo Barros. "O Júnior Rocha, logo após a partida, nos procurou e afirmou ter recebido uma boa proposta do CRB. Nós conversamos rapidamente e ele demonstrou bastante interesse no clube. Então entramos em um comum acordo para que ele deixasse o comando do Santa", declarou.

Perguntado sobre o perfil de um novo treinador, Felipe Rêgo Barros declarou que ainda é muito prematuro responder essas questões. E que o novo nome será pensado com calma para cúpula do futebol coral.



"Não vamos deixar que coisas pontuais interfiram nessa temporada. Nesse momento agora, responder questões sobre treinador depois de uma notícia inesperada, é algo prematuro. Vamos sentar com o departamento de futebol para avaliar essa questão. Será algo discutido com calma, serenidade, sem precipitações. Queremos ter segurança nesse novo nome. Vamos atrás de um profissional qualificado que possa nos conduzir de volta a Série B", concluiu.

Júnior Rocha deixa o comando do Santa Cruz após 19 jogos, sendo cinco vitórias, onze empates e três derrotas. O aproveitamento do treinador foi de 45,6% de aproveitamento.

Júnior Rocha substitui Mazola no CRB

O interesse em Júnior Rocha começou logo após a saída do técnico Mazola Júnior, que deixou o CRB após a perda do Alagoano e a derrota para o Oeste, na estreia da Série B. O treinador enfrentou o o Galo da Pajuçara por duas vezes nesta temporada, já que Santa Cruz e CRB estiveram no mesmo grupo na Copa do Nordeste. E o tricolor pernambucano obteve dois resultados positivos: uma vitória no Arruda e um empate no Rei Pelé.

“Tenho certeza que fizemos uma grande escolha e agora é todos nós arregaçarmos as mangas e trabalhar muito para colocar o CRB no topo das competições que estamos disputando”, declarou o presidente do CRB, Marcos Barbosa.


Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Frank Oliveira - maceió,16/04/2018

oxe, peguem o mazola, ele ta ai dando sopa e sopapos, ou cabra mal educado, vixe, vai te reto manzolás...

Por Osvaldo,16/04/2018

Pois é ............... quem diria! O CRB tirando técnico do Santa Cruz. Logo agora que o time começava a engrenar. Vai começar tudo, de novo! Que estada na Terceirona em 2018 promova bons ensinamentos financeiros, éticos e morais para os dirigentes do Santa Cruz e Náutico. Quanto ao Sport, a soberba do presidente começou a ser punida!

Por Sávio,16/04/2018

Quem era o Santa (e os 02) antigamente, todos os técnicos que estavam em um clube do Nordeste queriam vir para cá. Tempos mudam



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM