Jornal do Commercio
Ilha do Retiro

Neto Baiano pede desculpas por confusão após o Clássico

Jogador deu declaração na tarde desta sexta-feira (28/2)

Publicado em 28/02/2014, às 16h37

 / Alexandre Gondim/JC Imagem

Alexandre Gondim/JC Imagem

Elias Roma Neto

Durante a coletiva do atacante Ananias, na tarde desta sexta-feira (28), na Ilha do Retiro, o atacante Neto Baiano apareceu na porta e disse à imprensa que "iria dar entrevistas", sorrindo. A princípio, parecia ser uma brincadeira. Pouco depois, o jogador surpreendeu e realmente falou, dando uma declaração em que pediu desculpas a quem se sentiu ofendido pela confusão em que se envolveu com o técnico do Náutico, Lisca, após o Clássico dos Clássicos.

"Primeiramente quero pedir desculpa aos jornalistas que estavam em campo e a toda torcida pelo acontecido. Quero deixar claro que não tenho nada contra ninguém e respeito todos. Também quero respeito. Como a gente vem debatendo essas questões de briga fora de campo, não poderia ter acontecido isso. Me senti ofendido, mas isso é passado, vou me focar agora no treinamento para dar a volta por cima", disse o atacante.

A imprensa não teve espaço para fazer perguntas ao jogador.

Palavras-chave




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM