Jornal do Commercio
ÍDOLO

Identificação de Diego Souza com o Sport vai render produtos licenciados

A marca DS87 estará estampadas em artigos que serão vendidos

Publicado em 21/06/2016, às 12h10

Diego Souza assumiu a marca DS87.   / Diego Nigro/JC Imagem.
Diego Souza assumiu a marca DS87.
Diego Nigro/JC Imagem.
Do Blog do Torcedor
Wladmir Paulino

O torcedor do Sport que encarnou o título brasileiro de 1987 no meia Diego Souza referindo-se a ele com DS87 nem imaginou que o apelido carinhoso iria virar uma marca. Isso mesmo, aquele número ao lado das duas letras virou um produto e em breve estará presente em produtos licenciados com a marca #DS87 numa loja virtual. Uma equipe já cuida da imagem do jogador na internet, administrando as redes sociais – Facebook, Twitter e Instagram.

Esse trabalho com a imagem já é visto com outros atletas de ponta disputando no Brasileirão, como, por exemplo, o atacante Robinho, do Atlético Mineiro. Diego Souza, ou #DS87, se preferirem, é administrado pela Go! Marketing Esportivo, do Rio de Janeiro. O acerto entre a empresa e o atleta foi feito no momento em que ele se transferia do Fluminense para o Sport, no mês de março.

“Por coincidência, a sua transferência foi exatamente na mesma data em que lançaríamos as novas redes sociais do Diego (o jogador já tinha conta nas redes, mas sem gestão profissional). Parte da torcida já o chamava de DS87 e após alguns estudos e pesquisas identificamos que não era unanimidade e decidimos, em cojunto com o próprio Diego, apostar e investir na marca DS87. Em breve será lançada uma loja virtual do Diego Souza, onde produtos da marca serão comercializados”, diz um dos sócios da Go!, Leonardo Machado.

Essa identificação dentro do mundo virtual estreita-se cada vez mais no mundo real. Uma prova disso é a postura de liderança cada vez mais forte dentro das quatro linhas. Diego Souza vem adotando, desde o ano passado, um papel de embaixador do clube e defensor do elenco do Sport. Tudo começou no empate por 2×2 com o Flamengo no Maracanã, pelo Brasileirão do ano passado. Ao final do jogo, o meia bradou aos microfones: “87 é nosso”.

EMBAIXADOR

Chegou ao auge depois da vitória sobre o Fluminense. O gol de empate do time carioca saiu após um erro do lateral-esquerdo Renê. Ainda no gramado, Diego Souza pediu o perdão da torcida. “Peço ao torcedor que esqueça o aconteceu com o Renê. Ele é um cara fantástico, trabalhador e nós precisamos muito dele.” Surtiu efeito. A conta do lateral recebeu várias mensagens de apoio no dia seguinte.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM