Jornal do Commercio
Na mira

Sport tem Diego Souza e Rithely no radar da seleção brasileira

Jogadores vão ser observados pelo filho de Tite, Matheus Rizzi, no clássico entre Sport e Náutico

Publicado em 24/02/2017, às 06h11

Diego Souza pode reaparecer na lista da seleção brasileira / André Nery/JC Imagem
Diego Souza pode reaparecer na lista da seleção brasileira
André Nery/JC Imagem
Felipe Holanda
Twitter: @f_holanda1

O clássico entre Sport e Náutico na Quarta-feira de Cinzas ganhou um “molho” a mais. Isso porque dois jogadores do Leão estão na mira da seleção brasileira: o meia Diego Souza e o volante Rithely. Não à toa, o filho do treinador Tite, Matheus Rizzi, deve estar presente na Ilha do Retiro no Clássico dos Clássicos, válido pela quinta rodada do Pernambucano. O confronto entre rubro-negros e alvirrubros acontecerá dois dias antes da convocação para os compromissos com Uruguai e Paraguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. 

Segundo apurou a reportagem do JC, a CBF procurou a diretoria rubro-negra para comunicar da participação do filho de Tite no clássico da semana que vem e os nomes dos atletas que devem ser observados por ele. O Sport, inclusive, já garantiu um camarote da Ilha do Retiro para recepcionar o analista de desempenho da seleção brasileira. No entanto, o clube ainda não se manifestou oficialmente sobre o caso. 


Galeria de imagens

Legenda
Anteriores
Próximas

A verdade absoluta é que Diego Souza e Rithely vêm “flertando” com convocações para a seleção há um bom tempo. O camisa 87, inclusive, já foi lembrado por Tite no amistoso da amizade contra a Colômbia, em janeiro, no Engenhão. O camisa 87 do Sport atuou como titular durante 62 minutos e participou do lance do gol que deu a vitória do Brasil, marcado pelo meia-atacante Dudu, do Palmeiras.

Há duas semanas, em entrevista ao canal por assinatura Esporte Interativo, o técnico Tite apontou Diego Souza como um dos possíveis substitutos de Gabriel Jesus na seleção brasileira. O atacante do Manchester City sofreu uma fratura no pé direito na partida contra o Bournemouth pelo Campeonato Inglês e precisou ser operado.

RITHELY

Já Rithely “bateu na trave” em duas ocasiões e ainda segue na expectativa da primeira convocação para representar o seu País dentro das quatro linhas. Para o mesmo amistoso contra a Colômbia, o volante estava bem cotado, mas acabou ficando de fora. Na época, a informação que o atleta não estava 100% fisicamente chegou a ser “ventilada”, o que posteriormente foi desmentido pelo Departamento Médico rubro-negro. 

No início do ano, o camisa 21 despertou o interesse de Flamengo e Corinthians, mas acabou renovando com o Sport até o final de 2022. Cobiçado, Rithely é um dos principais jogadores da equipe rubro-negra. Por outro lado, com um incômodo muscular na região lombar (que o tirou do jogo contra o Sete de Setembro-MS, quarta, pela Copa do Brasil), o volante virou dúvida para a partida frente ao River-PI, sábado (25/2), na Ilha do Retiro, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. 

“Rithely se reapresentou melhor das dores e vai ser reavaliado para saber como ele está respondendo ao tratamento feito e se terá condições de jogo na Copa do Nordeste”, contou Cléber Maciel, coordenador médico leonino, via assessoria de imprensa do clube. Na hipótese do camisa 21 ficar de fora, a opção de imediato deve ser o volante Rodrigo, que substituiu Rithely diante do Sete de Setembro-MS. Neto Moura e Thallyson também são opções. 

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.
#PeloCaminhar #PeloCaminhar
Mais do que mobilidade, caminhar também é apropriar-se da cidade. Mas o caminhar está difícil. A mobilidade a pé necessita de uma infraestrutura própria, decente, que eleve o pedestre ao posto maior. Por isso o JC lança a discussão #PeloCaminhar.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM