Jornal do Commercio
Série A

Sport: Everton Felipe ressalta entrosamento do Botafogo como obstáculo

Meia do Leão quer time com a mesma identidade das últimas partidas

Publicado em 16/07/2017, às 20h15

Jogador é um dos destaque do Sport na Série A / Alexandre Gondim/JC Imagem
Jogador é um dos destaque do Sport na Série A
Alexandre Gondim/JC Imagem
Diego Toscano
Twitter: @diegobmtoscano

Um dos destaques do Sport na Série A, Everton Felipe mostrou conhecimento do próximo adversário do Leão na competição nacional. Em entrevista ao site oficial do clube, o jogador afirmou se preocupar com o fator casa e com o entrosamento do Botafogo, rival da próxima segunda (17), no Rio de Janeiro, pela 14ª rodada. Para o meia, essas duas características farão o jogo no estádio Engenhão ser bem complicado.

“É um jogo muito difícil, muito complicado mesmo. Jogar na casa do Botafogo, que joga junto há muito tempo e tem um entrosamento bom não é simples. Mas também estamos cada vez mais entrosados e adaptados uns aos outros. Se continuarmos assim, vamos colher bons frutos na temporada", explicou o meia do Sport.



Com o técnico Jair Ventura, o Botafogo começou bem 2017. A equipe está nas oitavas de final da Libertadores e ocupa a nona posição na Série A, com 19 pontos, dois a menos que o Sport. O treinador Jair Ventura está na sua terceira temporada no clube. Começou em 2015, como auxiliar técnico, e já está no segundo ano como comandante do Fogão.

IDENTIDADE

Para manter a invencibilidade de cinco partidas na Série A, Everton Felipe não quer a equipe fugindo das suas características, mesmo jogando longe do Recife. "Temos que entrar focados em vencer e em manter a identidade que estamos apresentando nas últimas partidas", finalizou o jogador do Sport.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM