Jornal do Commercio
ACABOU O JEJUM

Diego Souza lidera e Sport volta a vencer na Série A: 2x1 no Vitória

Camisa 87 marcou um gol e deu uma assistência, capitaneando a vitória do Sport em Salvador

Publicado em 12/10/2017, às 18h47

Diego Souza abriu o placar em uma linda cobrança de falta, no final do primeiro tempo / Lúcio Távora/Estadão Conteúdo
Diego Souza abriu o placar em uma linda cobrança de falta, no final do primeiro tempo
Lúcio Távora/Estadão Conteúdo
FELIPE HOLANDA
Twitter: @f_holanda1

Depois de mais de dois meses e nove jogos, o Sport, enfim, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O 2x1 em cima do Vitória, nesta quinta (12/10), em Salvador, pode ficar na conta de um jogador em especial: o craque Diego Souza. Com um gol e uma assistência, ele liderou a equipe pernambucana, pela 27ª rodada. O segundo tento leonino foi marcado por Lenis, enquanto Trellez descontou para os donos da casa.

Com o resultado positivo, o Sport subiu seis posições na tabela da Série A, pulando para a 17ª para a 11ª posição na tabela, agora com 33 pontos ganhos. Justamente uma posição acima do Vitória, que aparece como 12º colocado, com um ponto a menos.

O JOGO

Mesmo jogando fora de casa, o Sport começou se alçando ao ataque. Logo com um minuto de bola rolando, Patrick fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro. Na grande área, André recebeu em boa condição para marcar, mas a marcação apertou e o camisa 90 errou o alvo, mandando à esquerda da meta dos donos da casa. Observando o ímpeto do rival, o Vitória buscava espaços para contra-atacar, mas esbarrava na marcação da equipe visitante.

Aos poucos, o ritmo do jogo ia ficando mais lento. Quase morno, com poucas chances de gol para ambos os lados. Com 20, Fillipe Soutto cobrou falta da entrada da área e Magrão fez a defesa sem maiores problemas. No lance seguinte, em contragolpe, o Sport quase abriu o placar. Diego Souza bateu de perna esquerda e obrigou Caíque a se esticar todo para evitar o gol.

Provocado a reagir pelo ímpeto apresentado pelo Sport em campo, o Vitória resolveu se lançar ao ataque. Aos 26, Yago viu Magrão adiantado e tentou de muito longe, quase encobrindo o camisa 1 leonino. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Caíque Sá tentar o arremate e mandar para fora.

No final do primeiro tempo, o Sport teve a grande chance de tirar o zero do placar. Patrick recebeu passe em profundidade e fez cruzamento primoroso para André. O camisa 90 cabeceou à queima roupa e o goleiro Caíque operou um verdadeiro milagre para evitar o gol pernambucano, com 39 minutos.

No último minuto da primeira etapa, porém, veio o desafogo para o Sport. André sofreu falta na entrada da grande área e Diego Souza, que vinha sendo questionado pelas fracas atuações, chamou a responsabilidade. Na cobrança, o camisa 87 abusou da categoria, deslocou o goleiro Caíque e acertou o ângulo direito, fazendo 1x0 para a equipe visitante, aos 45.

Se a atuação do Sport no primeiro tempo foi satisfatória, o atual campeão pernambucano não tirou o pé do acelerador na etapa final. Logo no primeiro lance, com um minuto, Osvaldo teve a chance de ampliar. Mena cruzou da esquerda e o camisa 10 leonino, livre de marcação, tentou o cabeceio, mas errou o alvo, desperdiçando boa oportunidade de fazer o segundo dos visitantes.



Depois daí, o Vitória se biu obrigado a responder às investidas de ataque do Sport. Aos 10, Caíque Sá tentou o arremate de fora da área, mas mandou longe da meta, sem perigo ao gol de Magrão.

Vendo os donos da casa buscarem reagir, o Leão da Praça da Bandeira se lançou ao ataque. Com 20, André deu lindo passe para Diego Souza, que saiu na cara do gol e rolou para Lenis, livre, empurrar para o fundo das redes e fazer 2x0 para o Sport. Na comemoração, o atleta se emocionou pela situação de saúde da avó. Na última semana, inclusive, ele foi liberado para visitá-la na UTI, na Colômbia.

Em vantagem, o Sport seguiu dominando as ações do jogo. Teve, inclusive, a chance de fazer o terceiro. Após a sobra de bola, Rodrigo apareceu em boa condição para o chute, mas foi travado pela defesa do Vitória, aos 31.

No fim, o Vitória tentou reagir e partiu em busca do empate. Após o bate rebate na grande área, Trellez pegou firme de perna direita e estufou as redes de Magrão para fazer o primeiro gol da equipe baiano. No apagar das luzes, o Vitória ainda tentou deixar tudo igual, mas não obteve sucesso.

FICHA DO JOGO

VITÓRIA: Caíque; Caíque Sá (Danilinho), Ramon, Wallace e Juninho; Fillipe Soutto (Patric), Uillian Correia, Yago e David (André Lima); Neilton e Tréllez. Tecnico: Vágner Mancini.

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Henríquez e Patrick; Anselmo, Wesley (Rodrigo), Osvaldo (Lenis), Mena e Diego Souza; André (Juninho). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Local: Estádio Barradão. Horário: 17h. Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP). Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP). Gols: Diego Souza, aos 45 minutos do 1º tempo. Lenis, aos 20 do 2º. Trellez, aos 38. Amarelos: André, Diego Souza e Mena (Sport). Uillian Correia (Vitória).


Recomendados para você


Comentários

Por Mauricio Francelino Aragão,13/10/2017

O Leão está de parabéns! Jogou um futebol vibrante, pra frente (nenhuma bola recuada para Magrão). O destoante (sempre) Wesley foi substituido a tempo. Espero que tenha passado a fase escura. É jogar com essa garra e determinação. O meio-campo foi o destaque do jogo. O time que acabou o jogo é uma boa formação. Boa sorte ai em Recife nos dois proximos jogos. Pelo SPORT tudo !



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

A Casa da Bênção de Veronaldo A Casa da Bênção de Veronaldo
Solidariedade garante casa para torcedor que ficou tetraplégico durante jogo
JC recall de marcas 2017 JC recall de marcas 2017
Conheça o ranking das marcas que têm conseguido se manter no topo da preferência dos pernambucanos. O rol é resultado de uma pesquisa realizada pelo Instituto Harrop, há duas décadas parceiro do Jornal do Commercio na realização da premiação
10 anos do IJCPM 10 anos do IJCPM
O Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) comemora 10 anos de história, contribuindo para transformar a vida de jovens de comunidades com histórico de desigualdade social nas cidades de Recife, Salvador, Fortaleza e Aracaju

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM