Jornal do Commercio
Queimado

Torcedor do Sport que ateou fogo sobre si segue estável no HR

Homem teve 17% do corpo queimado após atentar contra a própria vida por raiva da derrota do Leão para o Botafogo

Publicado em 13/11/2017, às 17h25

Severino Nascimento da Silva, de 54 anos, está na ala de queimados do HR / Divulgação
Severino Nascimento da Silva, de 54 anos, está na ala de queimados do HR
Divulgação
JC Online

O torcedor Severino Nascimento da Silva, de 54 anos, segue internado em estado estável na ala de queimados do Hospital da Restauração (HR), no Derby, região central do Recife. Nesta segunda-feira (13) faz cinco dias que o rubro-negro ateou fogo sobre si, em um ato de revolta pela derrota do Sport para o Botafogo, por 2x1, na Ilha do Retiro, pela 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. 

De acordo com a assessoria de imprensa do HR, Severino, que mora no município de Condado, na Zona da Mata de Pernambuco, segue fazendo o tratamento e realizando a troca de curativos. Ainda não há qualquer previsão de alta.



FERIMENTOS

Depois de jogar gasolina sobre si e atear fogo, o torcedor teve 17% o corpo queimado, apresentando lesões de segundo grau profundas e superficiais. Os ferimentos se concentram nas pernas, mas também há queimaduras nas mãos, dorso e rosto.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM