Jornal do Commercio
NEGATIVA

Thomás nega acerto com o Goiás e diz que pretende ficar no Sport

Meio-campista tem contrato com o Leão até maio de 2018 e revelou possibilidade de prolongar vínculo

Publicado em 06/12/2017, às 20h32

Em 16 jogos com a camisa do Sport, Thomás marcou apenas um gol / Foto: JC Imagem
Em 16 jogos com a camisa do Sport, Thomás marcou apenas um gol
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Mesmo com o Sport não fazendo uma boa Série A - lutou até a última rodada para não ser rebaixado -, alguns jogadores do elenco rubro-negro estão despertando o interesse de outros clubes. Um deles é o meio-campista Thomás, que estaria na mira do Goiás para reforçar a equipe esmeraldina na temporada 2018.

Procurado pela reportagem do Jornal do Commercio, o próprio Thomás negou qualquer acerto com o alviverde goiano e até confirmou a possibilidade de estender o vínculo com o Leão. "Eu estou vendo algumas notícias falando que já estou acertado com o Goiás, mas não chegou nada pra mim. Conversei com o Márcio Bittencourt (empresário do atleta) e ele não me falou nada sobre isso. O que ele disse é que existe a possibilidade de ficar por mais um tempo no Recife e renovar até o final do próximo ano", declarou o meia.



VÍNCULO

O contrato de Thomás com o Sport é até 31 de maio de 2018. Com a camisa rubro-negra, o meio-campista disputou 16 partidas e marcou um gol, na vitória diante do Flamengo - equipe que o revelou - pelo Brasileirão.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM