Jornal do Commercio
DESCONFIANÇA

Sport: Léo Ortiz e Pedro Castro chegam com a aprovação de Nelsinho

Os dois reforços chegam com desconfiança por não serem conhecidos da torcida rubro-negra

Publicado em 04/01/2018, às 13h54

Nelsinho Baptista aprovou a chegada de Léo Ortiz e Pedro Castro / Foto: JC Imagem
Nelsinho Baptista aprovou a chegada de Léo Ortiz e Pedro Castro
Foto: JC Imagem
Filipe Farias
Twitter: @_filipefarias

Se por um lado a torcida do Sport conhece e ficou satisfeita com a contratação do meia-atacante Marlone, por outro a desconfiança é geral quanto os acertos com o zagueiro Léo Ortiz e o meia Pedro Castro. O defensor, de 22 anos, estava no Internacional e nunca conseguiu se firmar no Colorado. Já o meio-campista de 24 anos foi titular em boa parte no time do Avaí (rebaixado à Série B).

Mesmo com um currículo recente não tão animador, o executivo de futebol do Sport, Alexandre Faria, garante que os dois foram bem avaliados pela diretoria e comissão-técnica leonina. "São dois atletas que monitoramos no ano passado. Foram sugeridos pelo nosso departamento de análise de desempenho. Nelsinho (Baptista) achou que eles iriam agregar ao elenco e avalizou a contratação", contou o dirigente.



CARACTERÍSTICAS

Sobre as características de ambos, Alexandre descreveu as qualidades que espera que os dois possam contribuir para o Leão. "Pedro é um volante/ meia que chega de área a área, além de ter uma finalização boa de fora da área. Já Léo Ortiz é um zagueiro de velocidade", disse Faria.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM