Jornal do Commercio
Série A

Entre 'saudades' e mágoas, André reencontra o Sport

Atacante volta à Ilha pela primeira vez após passagem no Leão, sem nunca ter vencido como visitante

Publicado em 12/06/2018, às 10h31

André vem recebendo cobranças da torcida do Grêmio / LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
André vem recebendo cobranças da torcida do Grêmio
LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Diego Borges
Twitter: @DiBorges9

O jogo entre Sport e Grêmio marcado para a próxima quarta-feira, às 19h30, vai além da disputa por três pontos na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro. A partida representa ainda o reencontro do atacante André com a torcida do Sport e a Ilha do Retiro, onde viveu as suas melhores fases além da primeira temporada de destaque, em 2010, quando despontou pelo Santos. Agora, como adversário do Leão pela primeira vez desde as suas duas passagens como atleta rubro-negro, André não tem as melhores recordações jogando como visitante.

Em dois jogos na Ilha como rival, são duas derrotas, ambas pelo placar de 2 a 1. Em 2012, na Série A pelo Santos, André jogou os 90 minutos e marcou o único gol do Peixe. Já pelo Atlético-MG, em 2014, o atacante entrou apenas aos 44 do segundo tempo e pouco fez para evitar o revés.

Trajetória no Sport

André chegou ao Sport pela primeira vez em 2015, emprestado pelo Atlético-MG após ter sua imagem desgastada com torcida e diretoria do Galo. Foram 14 gols em 34 jogos e uma identificação com a torcida que perduraria mesmo com a ida para o Corinthians, na temporada seguinte, onde voltou a conviver com críticas intensas e um mau desempenho, sem enfrentar o Sport.

Emprestado ao Sporting-POR em 2017, André jogou apenas 15 partidas e marcou três vezes em terras lusitanas. Chegou, inclusive, a declarar saudades de Recife em postagens nas redes sociais, o que gerou uma mobilização de apelo por sua volta na torcida do Sport. De volta à Ilha, com direito a recepção calorosa no aeroporto, André alcançou a sua melhor temporada na carreira até aqui, ao menos em números.

Foram 67 jogos no total, balançando as redes 27 vezes. André terminou a temporada como maior goleador do Sport no ano e em terceiro na lista de artilheiros do Campeonato Brasileiro na Série A. No entanto, a crise financeira enfrentada pelo clube rubro-negro chegou ao ápice na virada de temporada para 2018 e interferiu diretamente no rendimento do jogador, sobretudo com a chegada da proposta para jogar pelo Grêmio.



Após a saída do Sport, o clima com a diretoria esquentou com as declarações do atacante em entrevistas, onde chegou a revelar atrasos salariais de até três meses e criticar a política da cúpula leonina. Críticas que foram rebatidas à época pelo vice-presidente Guilherme Beltrão.

Neste ano, André fez apenas quatro jogos pelo Sport. Todos pelo Pernambucano, marcando dois únicos gols na partida contra o Pesqueira, antes de seguir rumo a Porto Alegre. Após 12 jogos - sendo substituído em oito deles - pelo Tricolor Gaúcho e outros dois gols marcados, o atacante volta a conviver com a desconfiança da torcida e pode amargurar a reserva pela primeira vez na temporada, justamente na partida contra o Sport.

Reencontro com o 'Cruel'

Caso André seja sacado do time por Renato Gaúcho, o substituto deve ser o também atacante Jael, outro velho conhecido da torcida rubro-negra. Jael vestiu a camisa do Sport na temporada de 2012, contratado como a principal referência para o ataque no início da temporada. No entanto, marcou apenas cinco vezes em 19 jogos e foi negociado com o futebol coreano ao longo do ano.

No Grêmio, contratado após se destacar pelo Joinville, Jael se tornou um jogador importante para o elenco e o estilo de jogo implantado pelo técnico Renato Gaúcho. Mesmo sem marcar um gol sequer, colaborou com a conquista da Taça Libertadores e caiu nas graças da torcida. Após se recuperar de lesão, Jael voltou a jogar contra o América-MG na última rodada da Série A, justamente na vaga de André. Neste ano, já são cinco gols marcados, sendo dois na Libertadores e três no Gauchão, em 23 jogos no total.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM