Jornal do Commercio
REENCONTRO

Atacante André diz que já esperava as vaias da torcida do Sport

Torcedores rubro-negros ficaram na bronca com a maneira que o avante deixou o clube

Publicado em 13/06/2018, às 22h13

André foi discreto em campo e acabou sendo substituído no segundo tempo / Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
André foi discreto em campo e acabou sendo substituído no segundo tempo
Foto: Alexandre Gondim/ JC Imagem
JC Online

Como já era esperado, o atacante André, ex-Sport, foi bastante vaiado no reencontro com a torcida rubro-negra. Nesta quarta-feira, no empate em 0x0 entre o Leão e o Grêmio, toda vez que o camisa 90 pegava na bola ouvia os apulpos vindos das arquibancadas.

"Já esperava isso. A torcida tem direito de vaiar. Isso nao apaga o meu carinho pelo Sport. Tenho história aqui, um clube que bati recordes. Mas é normal esse lado do torcedor vaiar. Apesar disso, estou feliz que saímos com o empate, porque ganhar do sport aqui dentro é dificil", comentou André.



SAÍDA MAL-VISTA

Mesmo sendo bastante importante no Brasileirão do ano passado e ajudando a equipe rubro-negra a permanecer na Primeira Divisão, a maneira que ele deixou o Sport não pegou bem. Isso porque, antes do acerto com o Grêmio, o jogador se negou a jogar por duas vezes na Copa do Brasil pelo Leão (Santos-AP e Ferroviário-CE), chegando a ficar afastado até definir a sua transferência para o time gaúcho.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM