Jornal do Commercio
PAÍS

Cai a taxa de retorno dos investimentos em imóveis comerciais

De acordo com a FGV, essas variações refletem o desaquecimento da economia

Publicado em 04/11/2015, às 09h03

Na comparação anual, as taxas vem registrando recuos desde o final de 2013 / Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Na comparação anual, as taxas vem registrando recuos desde o final de 2013

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Da ABr

O Índice Geral do Mercado Imobiliário – Comercial (IGMIC-C) voltou a cair pela terceira vez seguida, no terceiro trimestre deste ano, ao atingir 2,48%. A taxa correspondente à renda passou de 2,2% (no segundo trimestre) para 2,1% e a taxa sobre o capital, de 0,7% para 0,4%. Os dados são da pesquisa do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), feita com base em 678 imóveis.

De acordo com a FGV, essas variações refletem o desaquecimento da economia. “A recessão econômica iniciada no segundo trimestre de 2014 tem como resultado um claro efeito negativo sobre a rentabilidade dos imóveis comerciais”, diz a nota técnica.

Na comparação anual, as taxas vem registrando recuos desde o final de 2013. Em relação ao retorno da renda, a taxa – que oscilou 9,7%, no terceiro trimestre do ano passado, passou para 9,17%, enquanto o índice relativo ao capital, baixou de 5,3% para 2,6%.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO JC RECALL DE MARCAS PREMIA AS MAIS LEMBRADAS DO ANO
Pitú, Vitarela (macarrão) e Honda (motos) foram as três marcas mais lembradas pelo público pernambucano, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Harrop em parceria com o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC)
JC no Mundial JC no Mundial
Em meio a um cenário conturbado na política internacional, a Rússia espera ser o grande centro das atenções neste mês de junho, quando irá sediar pela primeira vez em sua história uma Copa do Mundo de futebol. Aqui você confire tudo sobre o Mundial.
Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM