Jornal do Commercio
crime

Tenente da PM acusado de duplo homicídio em Fortaleza alega legítima defesa

Militar de Pernambuco se entregou à polícia no início da tarde desta quinta-feira

Publicado em 20/03/2014, às 21h53

Do JC com agências

O tenente da Polícia Militar de Pernambuco Wesley Sávio de Sá Alves, 31, se entregou à polícia do Ceará no início da tarde desta quinta-feira, juntamente com Felipe da Silva Santos. Os dois são acusados de terem cometido um duplo assassinato no bairro Cocó, região de classe média em Fortaleza.



Wesley afirmou, em seu depoimento, que atirou contra dois homens que estavam em uma moto, na última quarta-feira (19), para reagir a uma tentativa de assalto. Nenhum dos homens mortos tinha antecedentes criminais. O carro que foi usado no crime foi apreendido, bem como duas armas – que seriam dos homens executados e devem passar por perícia.

Os dois homens foram executados com vários disparos, quando passavam pelo cruzamento das ruas Bento Albuquerque e Batista de Oliveira, eno Cocó. Segundo o coordenador de Policiamento da Capital e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), major Teófilo Gomes, os autores do crime mandaram a dupla descer da moto e efetuaram os tiros.

Uma das vítimas foi identificada como sendo Francisco Antônio Dumont Morais, 29. A polícia trabalha com a hipótese de que as vítimas haviam praticado um assalto pouco antes de serem perseguidas e executadas.

O titular da Divisão de Homicídios, Luiz Carlos Dantas, informou que Wesley voltava da praia de carro, juntamente com mais quatro pessoas, quando foi abordado pela dupla e, por isso, reagiu atirando. Em seguida, parou o carro, desceu e realizou mais disparos. Nesse momento, Felipe da Silva Santos pegou a arma de um dos homens e também começou a atirar.

O tenente da PM, que é lotado no município de Salgueiro, alegou ter reagido para proteger sua filha de nove anos de idade, que estava dentro do veículo e presenciou toda a ação.

O policial militar foi identificado após as imagens que flagraram o crime serem veiculadas no Facebook e compartilhadas por dezenas de pessoas. As vítimas também foram identificadas através do vídeo, e seriam moradores do Conjunto Rosalina, na periferia de Fortaleza.




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM