Jornal do Commercio
CRISE CARCERÁRIA

Governo anuncia reforço na segurança dos presídios após apelo dos Estados

Rebeliões em penitenciárias em Roraima e no Amazonas na semana passada resultaram na morte de quase 100 presos; sete estados pediram ajuda

Publicado em 09/01/2017, às 22h08

O efetivo será levado, entre a noite de hoje e a madrugada desta terça-feira, por aviões da FAB  / Foto: Reprodução/Umanizzare
O efetivo será levado, entre a noite de hoje e a madrugada desta terça-feira, por aviões da FAB
Foto: Reprodução/Umanizzare
JC Online

A segurança dos presídios em Roraima e no Amazonas será reforçada com a chegada de 200 integrantes da Força Nacional. A medida foi anunciada na manhã desta segunda-feira (9), pelo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em resposta ao pedido dos Estados, que afirmaram precisar de ajuda federal para deflagrar ações de combate ao narcotráfico e reforçar a segurança das unidades prisionais. Em Manaus, o caso já é considerado o terceiro episódio mais sangrento da história do sistema prisional brasileiro. O presidente Michel Temer já havia anunciado a construção de presídios em todos os Estados

O efetivo será levado, entre a noite desta segunda (9) e a madrugada desta terça-feira (10), por aviões da FAB (Força Aérea Brasileira) para os dois Estados. Não caberá à Força Nacional substituir a polícia penitenciária. Os homens reforçarão a segurança no entorno, podendo dar apoio às barreiras, ajudar na recaptura de fugitivos, escolta e guarda de presos que eventualmente precisem se deslocar para algum tribunal, por exemplo.

"(Os homens vão) realizar policiamento, dar apoio nos bloqueios (policiais) e policiamento no perímetro das penitenciárias. Eles não poderão realizar a substituição dos agentes penitenciários; eles vão para reforçar (a segurança)", esclareceu o ministro.

Somente na semana passada, rebeliões em penitenciárias no Amazonas e em Roraima resultaram na morte de cerca de 100 presidiários. A medida faz parte do auxílio do governo federal a sete estados que pediram ajuda para reforçar a segurança do sistema penitenciário local: além do AM e RR, também pediram ajuda Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.

 

Governadores apelaram por ajuda

Os governadores do Amazonas, José Melo (Pros), e de Roraima, Suely Campos (PP), apelaram por auxílio diante da atual crise carcerária.

A governadora de Roraima enviou um ofício ao presidente Michel Temer e ao ministro da Justiça, solicitando, "em caráter de urgência", o envio de cem policiais da Força Nacional, "para auxiliar nossas forças de segurança no controle da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo". Essa unidade prisional, localizada na zona rural de Boa Vista, foi palco, na última sexta-feira (6), do assassinato de 33 detentos.  A penitenciária é a maior de Roraima e é administrada pelo governo do Estado.

No domingo (8), José Melo, governador do Amazonas, pediu ajuda ao governo federal depois que uma rebelião na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no centro de Manaus, terminou com quatro presos mortos. 

Foi para essa unidade onde foram transferidos, durante a semana passada, cerca de 280 presos depois que uma rebelião que durou 17 horas resultou no assassinato de 56 detentos, entre os dias 1º e 2, no Compaj (Complexo Penitenciário Anísio Jobim), em Manaus.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Prêmio ISS Recife Prêmio ISS Recife
Principal item da receita própria dos municípios, o Imposto Sobre Serviços (ISS) entra no cofre das prefeituras tanto para custear despesas quanto para viabilizar investimentos nas cidades.
#ConexãoPelaVida #ConexãoPelaVida
Há quase dois séculos, o Real Hospital Português mantém a sua atenção voltada para o bem-estar dos pacientes. Conheça um pouco mais sobre a instituição médica que aos 162 não para de se modernizar
Agreste Empreendedor Agreste Empreendedor
O Agreste pernambucano é a região que mais cresce em Pernambuco. E, por incrível que pareça, a força motriz que puxou esse desenvolvimento foi o empreendedorismo.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM