Jornal do Commercio
CRISE NAS PENITENCIÁRIAS

Rebelião no interior do Rio Grande do Norte termina com preso morto

Segundo a Polícia Militar, o tumulto foi motivado pela transferência de presos ligados ao Sindicato do Crime do RN da Penitenciária de Alcaçuz

Publicado em 19/01/2017, às 08h01

Rebelião na Penitenciária Estadual do Seridó aconteceu na noite da quarta-feira (18) / Foto: Reprodução/Blog Correio do Seridó
Rebelião na Penitenciária Estadual do Seridó aconteceu na noite da quarta-feira (18)
Foto: Reprodução/Blog Correio do Seridó
JC Online e agências
Com informações da Tribuna do Norte

Uma rebelião na Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, no interior do Rio Grande do Norte, deixou um preso morto e sete feridos na noite dessa quarta-feira (18).  Segundo a Polícia Militar, o tumulto foi motivado pela transferência de presos ligados ao Sindicato do Crime do RN da Penitenciária de Alcaçuz durante a tarde da quarta-feira (18).

De acordo com o Batalhão de Polícia de Caicó, o motim aconteceu um apenas um pavilhão. Detentos queimaram colchões e chegaram a subir no telhado do presídio com faixas onde se lia o nome da facção Sindicato do Crime do RN, rival do Primeiro Comando da Capital (PCC). Na penitenciária, conhecida como "Pereirão", há dois presos ligados ao PCC. Ainda não se sabe se eles estão entre as vítimas.

Ao Estadão, o coronel Romualdo Borges, comandante da divisão de policiamento regional 2, que abrange Caicó, disse que a relação da confusão com a transferência de 220 homens mais cedo é clara. "Acredita-se que é uma represália, já que aqui só há detentos do Sindicato. Havia uns 90 e poucos do PCC, mas na última rebelião foram transferidos", disse.

Transferência de presos de Alcaçuz

Como parte da operação de transferência de detentos, homens do Batalhão de Choque entraram na Penitenciária Estadual de Alcaçuz às 14 horas dessa quarta-feira (18). A ação, que conta com o uso do helicóptero da corporação, ocorre quatro dias após o motim que deixou 26 mortos na unidade, no sábado passado.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM