Jornal do Commercio
JUSTIÇA

Justiça de SP inocenta estudante de Medicina acusado de estupro

De acordo com as investigações, vítima perdeu os sentidos após tomar uma bebida oferecida pelo acusado e quando acordou, foi imobilizada com golpes de judô

Publicado em 10/02/2017, às 22h13

Caso ocorreu durante uma festa da universidade, em 2012. / Foto: Divulgação/USP
Caso ocorreu durante uma festa da universidade, em 2012.
Foto: Divulgação/USP
Estadão Conteúdo

A Justiça de São Paulo absolveu o estudante da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) Daniel Tarciso da Silva Cardoso, de 34 anos, das acusações de estuprar uma aluna de Enfermagem em uma festa da universidade, em 2012. A decisão é do juiz Klaus Marouelli Arroyo, da 23ª Vara Criminal do Fórum da Barra Funda, na zona oeste da capital. A sentença é do dia 7, terça-feira.

A assessoria do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) confirmou a decisão do magistrado e informou que o processo, que está sob segredo, foi encaminhado para ciência do Ministério Público. Cabe à promotoria avaliar se vai recorrer da sentença.

Investigações

Segundo as investigações, durante a festa, a vítima perdeu os sentidos após tomar uma bebida oferecida por Cardoso. Ela foi levada até a Casa do Estudante, um alojamento onde ficam alunos, e acordou com o estudante em cima dela. Em depoimento, ela afirmou que não conseguiu fugir, porque Cardoso lhe aplicou golpes de judô.

Durante todo processo, Cardoso sempre negou as acusações e afirmou que era inocente. A reportagem não localizou os advogados do estudante.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM