Jornal do Commercio
CRIME

Antes de morrer, jovem depôs que ação em lava-jato não foi brincadeira

Wesner Moreira da Silva, 17, disse ao delegado responsável pelo caso, ainda no hospital, que pediu para que os suspeitos parassem

Publicado em 15/02/2017, às 16h17

Adolescente de 17 anos foi agredido com mangueira e morreu após 11 dias internado / Reprodução/TV Morena
Adolescente de 17 anos foi agredido com mangueira e morreu após 11 dias internado
Reprodução/TV Morena
JC Online

O adolescente que morreu após ter uma mangueira de ar comprimido introduzida no ânus afirmou, dias antes de morrer, que a agressão não foi uma brincadeira, como afirmam os acusados. De acordo com a polícia, Wesner Moreira da Silva, 17, disse ao delegado Paulo Sérgio Lauretto, responsável pelo caso, que pediu diversas vezes para que os acusados parassem, o que só ocorreu quando ele começou a defecar e vomitar. 

O depoimento foi dado ainda no hospital, dias antes do falecimento de Wesner. 

"Ele disse que aquilo não era tipo de brincadeira, disse que pediu para eles [suspeitos] pararem diversas vezes, mas que só pararam depois que ele começou a vomitar e a defecar", afirmou Lauretto. 

O delegado reiterou que, apesar de não ter sido um interrogatório formal, o depoimento da vítima resultou em um relatório que será complementado com o laudo necroscópico e os suspeitos do crime. O dono do lava-jato no qual a vítima trabalhava, que teria introduzido a mangueira no ânus do jovem e outro funcionário, que o segurou, afirmaram que o crime foi apenas uma 'brincadeira', comum entre eles no local. 

Uma criança de 11 anos, que também presenciou a ação, ratificou a versão dos acusados. 

 

Prisão

A Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) pediu a prisão preventiva dos dois suspeitos da morte de Wesner. Ele foi velado na manhã desta quinta-feira (15), na casa onde vivia com a família, e enterrado no final da tarde.

De acordo com o delegado Sérgio Lauretto, responsável pelas investigações, o pedido de prisão foi feito após a morte da vítima, na tarde da última terça-feira (14). Wedson permaneceu internado na Santa Casa de Campo Grande durante 11 dias. 

O jato da mangueira causou diversas lesões no garoto, que chegou a perder parte do intestino. A pressão do ar foi tão intensa que estourou o intestino grosso e comprimiu os pulmões, trancando as válvulas respiratórias. Thiago Demarco Sena, 26, dono do lava-jato, e o funcionário Willian Henrique Larrea, de 30,  podem ser indiciados por lesão corporal grave seguida de morte ou por homicídio doloso.

Palavras-chave

Recomendados para você


Comentários

Por Encaralhado,17/02/2017

É tanta fala sem sentido que fico abismado com o nível de informação que as pessoas buscam ou apresentam. Putzgrila!!! Por brincadeira fala dos assassinatos no ES, que não é uma questão de quantidades absolutas apenas, mas de taxas por 100.000 habitantes, e o ES até 2014 detém o 4 lugar como local de maior chance de morrer (em 2014 ES com taxa de 36/100000 e Pernambuco com 27/100000), de fato, pense em dois estados violentos... Outros já acham que a solução deveria ser submeter os assassinos a requintes de crueldade similares, putz, é demais... a outra vem dize que Bolsonaro é a solução... oxe, quando engravidar deveria solicitar diminuição salarial, como sugerido pelo mesmo, por que mulher causa prejuízo ao empregador... vsf, cadê o cacete do meteoro que ia cair nessa joça?

Por Maria Eduarda,16/02/2017

Por essas e outras que eu voto em BOLSONARO para Presidente!

Por Claudia,16/02/2017

O caso foi em Campo Grande-MS e não em Pernambuco. Perdi a fé na humanidade. Isso é lá brincadeira? Dois adultos. Tem que ser preso e pagar até o último dia.

Por Marie,16/02/2017

Meu Deus!!O que é isso? Isso é "brincadeira"? O garoto era menor! E agora!! Maldade ..brutalidade..sadismo...com conotação sexual!!!E essa criança de 11 anos que assistiu a tudo!!!!Estou pasma com isso!!!!!!!!!!

Por Humberto Rodrigues da Silva,16/02/2017

ESSES ANIMAIS MERECEM PENA DE MORTE....JÁ ESTÁ NA HORA DO BRASIL ALTERAR AS LEIS, ESPECIALMENTE PARA ESTUPRADÔRES, ROUBO SEGUIDO DE MORTE E VIOLÊNCIA AO PUDOR, Á PENA DE MORTE É A ÚNICA SOLUÇÃO PARA ESSSES CASOS E OUTROS QUE NÃO LEMBRO NO MOMENTO.PENA DE MORTE PARA ESSES NOJENTOS, QUE NEM LÁ NO INFERNO SATANÁS QUER ELES POR LÁ.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Hobbit - 80 anos O Hobbit - 80 anos
Como a maioria dos hobbits, Bilbo Bolseiro leva uma vida tranquila até o dia em que recebe uma missão do mago Gandalf. Acompanhado por um grupo de anões, ele parte numa jornada até a Montanha Solitária para libertar o Reino de Erebor do dragão Smaug
Marcas do medo Marcas do medo
Mais do que um saldo de 4,1 mil mortos até setembro de 2017, a violência em PE deixou uma população inteira refém do medo. Sentimento sem cara ou forma, que faz um número cada vez maior de vítimas no Estado. Medo de sair de casa, de andar nas ruas
Great Place to Work 2017 Great Place to Work 2017
Conheça agora as 30 melhores empresas para trabalhar em Pernambuco, resultado de uma pesquisa feita pela Grat Place to Work, instituição com credibilidade de 25 anos, em 57 países, envolvendo anualmente sete mil empresas e 12 milhões de colaboradores

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM