Jornal do Commercio
Crime

Jovem morre após ter mangueira de ar colocada no ânus por colegas

Caso ocorreu no último dia 3 em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul

Publicado em 15/02/2017, às 09h16

Caso ocorreu no lava-jato onde adolescente trabalhava / Reprodução/TV Morena
Caso ocorreu no lava-jato onde adolescente trabalhava
Reprodução/TV Morena
JC Online
Com informações da TV Morena

Morreu na tarde desta terça-feira (14), um adolescente de 17 anos que teve uma mangueira de compressão de ar colocada no ânus no último dia 3, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O caso, definido como 'brincadeira' entre colegas de trabalho, ocorreu no lava-jato onde a vítima trabalhava. Wesner Moreira da Silva teve uma grave hemorragia, causada por uma lesão no esôfago, além de ter sofrido uma parada cardiorespiratória. Durante 45 minutos os médicos tentaram reanimá-lo, mas sem êxito.

O jovem passou onze dias na Santa Casa, onde ficou na ala vermelha, depois foi conduzido para ala amarela e enfermaria, até ficar fora de risco de vida, mas a situação piorou durante o final de semana. No hospital, o adolescente passou por duas cirurgias, em uma delas 20 cm do intestino grosso foram retirados. Os dois principais suspeitos são o dono do lava jato, Thiago Demarco Sena, de 20 anos e um funcionário, Willian Henrique Larrea, de 30 anos.

Eles vão responder por lesão corporal dolosa seguida de morte. Por enquanto, o advogado dos dois alegou que não vai se pronunciar. O enterro do adolescente ocorre nesta quarta-feira (15).

Segundo o delegado, não foi notória a conotação sexual neste caso, portanto ele não foi notificado como abuso. A Delegacia Especial e Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) será a responsável pela investigação do crime.

"Queremos os dois na cadeia"

Justiça é a palavra de ordem para os parentes da vítima. Em entrevista à TV Morena, o tio de Wesner comunicou a vontade dos familiares. "O que a família prega é por justiça. Queremos os dois na cadeia, custe o que custar", declarou Elsom Silva.

Recomendados para você


Comentários

Por Nina,17/02/2017

Prestem atenção no porte físico do rapaz! No minimo ele não conseguiu se defender desses 02 covardes que o mataram! O rapaz chegou a vomitar e defecar! Acham que ele estava gostando da dor que estava sentindo?

Por Antonio Gomes,16/02/2017

Num país sério, os dois seriam apedrejados até a morte. Infelizmente essa nação, que já foi conhecida como: “o país do futebol”, já vinha perdendo esse título por mais de duas décadas e piorando nos últimos 14 anos, chegando a se tornar o país da corrupção e da impunidade. As notícias televisivas e também por outros meios de comunicação, flora a confirmação desse título indigesto, vergonhoso e imoral, que nos faz repensar, do que queremos de fato para o futuro de nossa nação.

Por Assunpçao ,16/02/2017

Essa história ta muito vaga..tem muita coisa a ser descoberto ainda. Como pode a pessoa autorizar alguém a introduzir uma mangueira com ar comprimido em seu próprio ânus? Dar-se a entender que fizeram sexo com o moleque, depois do ato praticado fizeram essa maldade. Tanto é que o moleque mandou eles pararem. É cada uma que se ver que não dá pra acreditar.

Por jupiter,16/02/2017

agora ESTUPRO virou brincadeira? voçes me dao NOJO.

Por jupiter Flores.,16/02/2017

Já começaram a culpar a vitima?? o cara foi ES-TU-PRA-DO seus imbecis de merda.



Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM