Jornal do Commercio
São Paulo

Ônibus de acidente com 8 mortes não tinha autorização para transporte

De acordo com a Agência de Transporte de São Paulo, ônibus que levava estudantes tinha autorização apenas para prestar serviços de fretamento

Publicado em 16/02/2017, às 20h52

Segundo a Artesp, o veículo está registrado em nome da empresa Clauric Transporte Ltda, que foi notificada pela fiscalização pelo uso irregular / Corpo de Bombeiros
Segundo a Artesp, o veículo está registrado em nome da empresa Clauric Transporte Ltda, que foi notificada pela fiscalização pelo uso irregular
Corpo de Bombeiros
Estadão Conteúdo

O ônibus de estudantes envolvido no acidente com outro coletivo que deixou oito pessoas mortas e 46 feridas, nesta quinta-feira (16) em Teodoro Sampaio, não tinha autorização para transportar passageiros.

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o ônibus que levava estudantes possuía autorização apenas para prestar serviços na modalidade de fretamento, que não inclui o transporte regular de alunos. 

Segundo a Artesp, o veículo está registrado em nome da empresa Clauric Transporte Ltda, que foi notificada pela fiscalização pelo uso irregular. Já a Clauric informou que o ônibus não faz parte da frota da empresa, tendo sido vendido há oito meses. Segundo a empresa, o departamento jurídico foi acionado para verificar por que razão o veículo continua registrado em seu nome na Artesp.

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o outro veículo que levava passageiros (sacoleiros) de Foz de Iguaçu, no Paraná, para Iturama, em Minas Gerais, possuía autorização para a viagem.

Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM