Jornal do Commercio
Crime

Justiça condena dois acusados de envolvimento em estupro coletivo no Rio

A Justiça considerou que Raí de Souza e Raphael Assis Duarte Belo participaram do estupro, ocorrido em 21 de maio de 2016 na comunidade do Barão, Zona Oeste do Rio

Publicado em 21/02/2017, às 12h47

A imagem e a identidade da adolescente são guardadas em segredo de Justiça / Reprodução/TV Globo
A imagem e a identidade da adolescente são guardadas em segredo de Justiça
Reprodução/TV Globo
ABr

A 2ª Vara Criminal Regional de Jacarepaguá condenou nesta segunda-feira (20) dois acusados de participar do estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos em maio do ano passado, no Rio de Janeiro. A Justiça considerou que Raí de Souza e Raphael Assis Duarte Belo participaram do estupro, ocorrido em 21 de maio de 2016 na comunidade do Barão, em Jacarepaguá, na zona oeste da cidade.

Eles foram condenados a 15 anos de prisão em regime inicialmente fechado. Além disso, precisarão pagar 306 dias-multa. O terceiro acusado, Moisés Camilo Lucena, ainda não foi julgado, porque, apesar de ter sua prisão preventiva decretada pela Justiça, continua foragido.

Segredo de Justiça

O processo tramita em segredo de Justiça, devido à necessidade de preservar a imagem e a identidade da adolescente.

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM