Jornal do Commercio
PESQUISA

Oito em cada 10 alunos dizem ficar ansiosos com provas

O Brasil é o segundo na proporção de estudantes que dizem ficar ansiosos durante as avaliações: 80,8% - atrás apenas da Costa Rica (com 81,2%)

Publicado em 20/04/2017, às 10h13

Dados fazem parte de um questionário com foco no bem-estar de alunos de 15 anos / Foto: ABr
Dados fazem parte de um questionário com foco no bem-estar de alunos de 15 anos
Foto: ABr
Estadão Conteúdo

Oito em cada dez estudantes brasileiros dizem sentir muita ansiedade em uma prova, mesmo quando estão preparados. Os dados fazem parte de um questionário, com foco no bem-estar de alunos de 15 anos, aplicado em 2015 pelo Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) em 72 países e divulgado ontem pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O Brasil é o segundo na proporção de estudantes que dizem ficar ansiosos durante as avaliações: 80,8% - atrás apenas da Costa Rica (com 81,2%). A taxa é bem superior à média dos países da OCDE, de 55,5%.



A aluna do 1.º ano do ensino médio Rebecca Deslandes, de 15 anos, fica ansiosa na hora de fazer provas. "Na minha turma, costumo ser uma das últimas a terminar." Para evitar que isso prejudique seu desempenho acadêmico, ela se organiza para se concentrar nas disciplinas que tem mais dificuldade. Para especialistas, a cultura avaliativa das escolas brasileiras contribui para que o aluno fique pressionado e, portanto, ansioso.

Bullying na escola

O relatório também mostrou que 17,5% dos estudantes brasileiros disseram já ter sido alvo de algum tipo de bullying na escola. O porcentual é menor do que na maioria dos outros países (a média dos países foi de 18,7%). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.
Agreste seco Agreste seco
A seca colocou de joelhos uma região inteira. Fez o Agreste sertanejar. Os cinco anos consecutivos sem chuva em Pernambuco ganharam aqui a dimensão de uma tragédia. Silenciosa e diária.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM