Jornal do Commercio
Comunicação

Operadoras de celular vão começar a oferecer 4G com maior alcance

Serviço será melhorado para moradores de Brasília a partir da próxima secta-feira. De acordo com a TIM, nova estrutura terá o dobro de alcance

Publicado em 20/04/2017, às 19h14

Moradores de Brasília terão o dobro de cobertura 4G / Foto: ABr
Moradores de Brasília terão o dobro de cobertura 4G
Foto: ABr
Agência Brasil

A operadora de telefonia TIM vai ativar amanhã (21) sua rede 4G na frequência de 700 megahertz (MHz) em Brasília. Segundo a empresa, a nova faixa tem o dobro do alcance da cobertura da utilizada atualmente pelas operadoras para a oferta do 4G.

Em novembro do ano passado, o sinal analógico de televisão foi desligado em Brasília, o que liberou a frequência para o uso das operadoras de telefonia para oferecer a tecnologia 4G. De acordo com a TIM, todos aparelhos da operadora já operam na frequência 700 MHz e as ofertas de dados serão mantidas sem reajuste de preços por causa da nova tecnologia.

A Claro vai apresentar a tecnologia 4G na faixa de 700 MHz em Brasília na próxima terça-feira (25). A empresa diz que já opera na frequência na capital federal por meio de licença provisória da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).



A Vivo ainda não informou quando começará a oferecer o serviço.

O leilão da frequência de 700 MHz da tecnologia 4G foi realizado em 2014, mas as operadoras vencedoras da licitação devem esperar a faixa ser desocupada pelas emissoras de televisão analógica para oferecer o serviço. As empresas vencedoras do leilão foram a Claro, a Tim, a Vivo e a Algar (que opera no interior de Minas Gerais e de São Paulo).

São Paulo

Em São Paulo, o desligamento do sinal analógico foi concluído no dia 29 de março, mas o 4G na faixa de 700 MHz só estará disponível para a população no ano que vem, porque é preciso aguardar o desligamento nas cidades próximas, como Campinas, Santos e as da região do Vale do Paraíba.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Reinventar Reinventar
A velocidade na criação de novidades tecnológicas nos faz pensar que o futuro é todo dia. E nós também precisamos sair do lugar. No mercado de trabalho, o impacto dessas transformações exige a capacidade de se reinventar. Veja o que o futuro lhe reserva
Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção Rodoviários: ''máquinas'' sem manutenção
Carga horária excessiva, más condições de trabalho, terminais sem estrutura apropriada e os riscos ocupacionais aos quais estão submetidos. O transporte rodoviário está em quarto lugar entre as profissões com mais com comunicações de acidentes de trabalh
#UmaPorUma #UmaPorUma
Existe uma história para contar por trás de cada assassinato de mulher em Pernambuco. Uma por uma, vamos contar todas. Mapear onde as mataram, as motivações do crime, acompanhar a investigação e cobrar a punição dos culpados. Um banco de dados virtual.

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2018 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM