Jornal do Commercio
Homenagem

Lei dá nome do deputado Freitas Nobre a Aeroporto de Congonhas

A homenagem foi sancionada pelo presidente Michel Temer e publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (19)

Publicado em 19/06/2017, às 15h40

Cearense, o ex-deputado José Freitas Nobre era, além de político, jornalista, advogado, professor e escritor / Foto: J.C.Brasil/CPDoc JB
Cearense, o ex-deputado José Freitas Nobre era, além de político, jornalista, advogado, professor e escritor
Foto: J.C.Brasil/CPDoc JB
Agência Senado

O Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, passará a ter a denominação de Aeroporto Deputado Freitas Nobre. A homenagem está estabelecida na Lei 13.450/2017, sancionada pelo presidente Michel Temer e publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (19).

A nova lei origina-se do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 89/2012, do ex-deputado João Bittar. O PLC foi aprovado pelo Senado no último dia 25 e a lei já entrou em vigor.



Cearense, o ex-deputado José Freitas Nobre era, além de político, jornalista, advogado, professor e escritor. Ficou notoriamente conhecido por sua luta pela redemocratização do país. Foi vice-prefeito de São Paulo e, vítima de perseguição política no período pós-1964, exilou-se na França.

Retornou ao Brasil em 1967, voltou à vida pública, onde conquistou seis mandatos consecutivos de deputado federal. Sua atuação política foi dedicada, em especial, à luta pela anistia e pelo movimento “Diretas Já”. Freitas Nobre faleceu em São Paulo em 1990.


Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

O Mundo de Rafa O Mundo de Rafa
Rafael foi diagnosticado com síndrome de Asperger apenas aos 11 anos. Seus desenhos contam pedaços muito importantes da sua história. Exprimem momentos de alegria, de comemoração e também de desabafo, de dor
Gastos dos parlamentares pernambucanos Gastos dos parlamentares pernambucanos
Os deputados federais da bancada pernambucana gastaram, no 1º semestre deste ano, R$ 5,1 milhões em verbas de cotas parlamentares. Já os senadores gastaram R$ 692 mil. Os dados foram coletados com base no portal da transparência da Câmara e do Senado
Um metrô ainda renegado Um metrô ainda renegado
São 32 anos de operação e uma eterna luta por sobrevivência. Esse é o metrô do Recife

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM