Jornal do Commercio
Rio

Professora é atingida por tiro de raspão dentro de escola no Rio

Tiro provocou queimadura em um dos braços da mulher. Incidente foi registrado enquanto a Polícia Civil realizava operação contra o tráfico de drogas

Publicado em 19/06/2017, às 21h08

Professora foi baleada no complexo da Maré, no Rio de Janeiro / Foto: ABr
Professora foi baleada no complexo da Maré, no Rio de Janeiro
Foto: ABr
Agência Brasil

Uma professora do Espaço de Desenvolvimento Infantil Azoilda Trindade, dentro do Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, foi atingida de raspão na tarde desta segunda-feira (19) por um tiro dentro da unidade quando tentava evitar, junto com outros professores e funcionários, que os alunos fossem alvo de balas perdidas durante confronto entre policiais e criminosos.

O tiro provocou apenas queimadura em um dos braços da professora, sem maiores consequências. O incidente ocorreu quando agentes da Delegacia de Combate às Drogas, da Polícia Civil, realizavam uma operação na comunidade.



Crianças

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, cerca de 30 crianças de até 5 anos estavam na escola e permaneceram deitadas no chão durante o tiroteio. Na hora em que foi atingida, a professora estava com uma criança ao seu lado. Além dos alunos, estavam na escola 14 professores e 24 auxiliares e funcionários da limpeza. Os alunos só foram liberados após o fim do confronto.


Palavras-chave

Recomendados para você




Comentar


Nome E-mail
Comentário
digite o código
Desejo ser notificado de comentários de outros internautas sobre este tópico.

OFERTAS

Especiais JC

Educação, emprego e futuro Educação, emprego e futuro
Investir em educação é um pressuposto para o crescimento econômico, a geração de empregos e o aumento da renda. Aos poucos, empresas dos mais variados setores entram numa engrenagem antes formada apenas pelo poder público.
Pernambuco Modernista Pernambuco Modernista
Conheça a intimidade de ateliês, no silêncio de casas, na ansiedade de pincéis sujos para mostrar como, quase nonagenária, a terceira grande geração da arte moderna de Pernambuco vai atravessando as primeiras décadas do século 21
A crise que adoece A crise que adoece
Além dos índices econômicos ruins, a recessão iniciada em 2014 no Brasil cria uma população mais doente, vítima do estresse causado pela falta de perspectivas. A pressão gera problemas psicológicos e físicos, que exigem atenção.

    LOCALIZAÇÃO

  • Rua da Fundição, 257 Santo Amaro, Recife - PE
    CEP: 50040-100
  • assinejc.com.br
  • (81) 3413-6100

    SIGA-NOS

Jornal do Commercio 2017 © Todos os direitos reservados

EXPEDIENTE

Sistema Jornal do Commercio Grupo JCPM